Romance brasileiro na final do Dublin Literary Award

postado por Andreia Santana @ 12:53 AM
14 de abril de 2012

O premiado romance O filho eterno (Editora Record), de Cristovão Tezza, está entre os 10 finalistas do International IMPAC Dublin Literary Award 2012. O romance do brasileiro foi selecionado de uma lista de 147 finalistas de 45 países, entre nomes de peso como Paul Auster, Isabel Allende, Ian McEwan e Michael Connely. O resultado será anunciado no dia 13 de junho, em Dublin e o prêmio é de 100 mil euros, um dos maiores para obras traduzidas para o inglês. O filho eterno, em 2008, arrebatou diversos prêmios no Brasil, como o Jabuti (um dos mais prestigiados do país) de melhor romance. Autobiográfico, em O filho eterno, Tezza expõe as dificuldades e as vitórias de criar um filho com síndrome de Down.

Ficha Técnica:

O filho eterno

Cristovão Tezza

Editora Record

224 páginas

Preço: R$ 39,90

Site do autor: www.cristovaotezza.com.br

Tags: , , ,

2 Respostas to “Romance brasileiro na final do Dublin Literary Award”

  1. Mais investimento para a leitura nacional no Dia Mundial do Livro  Says:

    [...] A notícia é um alento aos que vivem da literatura. Principalmente após a última pesquisa do Instituto Pró-Livro, que traçou o perfil dos leitores do país e demonstrou que está faltando incentivo ao desenvolvimento da literatura nacional, ainda mais com o Brasil sendo pródigo em autores de fama mundial. Basta citar como exemplo o baiano Jorge Amado, cujo centenário é este ano, e Machado de Assis, que teve  uma de suas obras citadas como uma das preferidas do cineasta Woody Allen. Na safra mais recente de autores, vale lembrar que um romance de Cristóvão Tezza está concorrendo a um prêmio literário internacional. [...]

  2. Cristovão Tezza estreia como cronista | Mar de Histórias  Says:

    [...] Quem é - Cristovão Tezza nasceu em Lages, Santa Catarina, mas desde criança vive em Curitiba. Considerado um dos mais importantes autores brasileiros contemporâneos, publicou mais de uma dezena de livros. A estreia foi com Trapo, de 1988. Em 2012, lançou O espírito da prosa, sua autobiografia literária. A publicação do romance O filho eterno, em 2007, teve um impacto inédito no panorama ficcional do país. O livro recebeu os mais importantes prêmios literários nacionais, entre eles o Jabuti, Portugal Telecom, São Paulo de Literatura, Revista Bravo! e Zaffari & Bourbon, e foi traduzido em vários países. Recebeu ainda, na França, o prêmio Charles Brisset, de melhor livro do ano. Em 2011, foi um dos dez finalistas do prêmio IMPAC -Dublin. [...]

Deixe seu comentário