MinC abre consulta pública sobre o Vale-Cultura

postado por Andreia Santana @ 10:46 AM
4 de fevereiro de 2013

O Ministério da Cultura abriu um espaço online para que a população dê opiniões, faça sugestões e tire dúvidas sobre o projeto de implantação do Vale Cultura. Todo o material resultante da participação dos internautas será enviado à Comissão que irá regulamentar o benefício. A promessa é que todas as postagens serão estudadas pela Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (SEFIC/MinC), Secretaria de Políticas Culturais (SPC/MinC), Consultoria Jurídica (Conjur/MinC) e Secretaria Executiva (SE/MinC). As mensagens podem ser enviadas pelo portal do MinC ou via Twitter (@CulturaGovBr).

Para quem não sabe do que se trata, o Vale-Cultura prevê um benefício de R$ 50 mensais concedido aos trabalhadores que recebam até cinco salários mínimos por mês. Com este recurso extra, os trabalhadores poderão acessar serviços e produtos culturais nas áreas de Artes Visuais, Artes Cênicas, Audiovisual, Literatura, Humanidades e Informação, Música e Patrimônio Cultural. A política deve beneficiar aproximadamente 17 milhões de trabalhadores e elevar o consumo cultural em até 7,2 bilhões por ano.

*As informações são do site da Fundação Biblioteca Nacional.

Tags: , , ,

3 Respostas to “MinC abre consulta pública sobre o Vale-Cultura”

  1. Edinaldo Rocha  Says:

    Olá!

    Como cidadão, que ultimamente não tem sido grande motivo para se ter orgulho, já que vivemos numa sociedade tão injusta, insegura, cruel, para muitos, e enriquecedora para outros, saber da existência de um incentivo à cultura, que é considerável, pois R$ 50,00 por mês é o custo de um bom livro. Se bem usado, todo brasileiro poderia ser muito mais culto, através do acesso a livros de qualidade, que não estamos acostumados a despender recursos para eles.
    Acho louvável o projeto, e que o Brasil precisa desse tipo de iniciativa para educar os cidadãos, a ponto de sermos pessoas melhores e mais espertas, mas para o bem.

  2. Andreia Santana  Says:

    Oi Ana,
    Acho que você está conhecendo o blog só agora, sendo que ele existe desde 2010. Nós divulgamos a literatura negra, seja feita no Brasil ou outros países, como também divulgamos a literatura baiana, nordestina, digital, nacional ou internacional. Falamos por exemplo, da programação cultural do mês da consciência negra desde a criação do blog, das publicações da Selo Negro Edições, que resgata personalidades e heróis negros. Desde que os autores do blog tenham acesso às informações e essas sejam confiáveis, o espaço está democraticamente aberto para a boa literatura feita em todas as cores e em qualquer idioma. Abraços.

  3. Ana  Says:

    Olá, gostaria que este espaço pudesse também colaborar com a divulgação de escritores negros que ainda estão muito longe de serem reconhecidos pela nossa sociedade. Gostaria muito de pode ver divulgados os Cadernos Negros que já estão na 35ª edição e é uma excelente leitura. Grata.

Deixe seu comentário