Livro mistura HQ e prosa para recontar mitos gregos

postado por Andreia Santana @ 12:11 PM
24 de junho de 2013

O amor trágico de Orfeu e Eurídice e as verdades e mitos por trás do culto ao deus Apolo, em Delfos, na antiga Grécia, são algumas das histórias recontadas sob a perspectiva da paixão dos gregos pela música, no livro Os mitos gregos e a música, que a Editora Ática lança este mês no mercado editorial brasileiro.

Voltado para pré-adolescentes, o livro, de autoria de Marcos Martinho e André Diniz, com a coordenação editorial da autora infanto-juvenil Heloísa Prieto, mistura quadrinhos e prosa, em uma linguagem bem acessível.

Os mitos gregos e a música conta a história dos irmãos Gu, uma adolescente de 16 anos que tem a mente aguçada e grande curiosidade científica, e Fê, seu irmão de 10 anos, que vive com a cabeça no mundo da fantasia e costuma levar as narrativas dos mitos antigos ao pé da letra. Os dois viajam até a Grécia para visitar o tio Hermógenes, que é arqueólogo e trabalha no sítio arqueológico de Delfos, e durante o trajeto estão aos cuidados do carismático  guia turístico Pausânias.

Em Delfos, os jovens aprendem sobre  o antigo oráculo e suas profecias, como a de Édipo, entendem o que fazem os arqueólogos, atentam para as diferenças entre fato histórico e mito e o quanto, quando se fala em História Antiga, uma coisa está inserida na outra, e conhecem os instrumentos musicais fabricados na antiga Grécia, bem como as origens das competições musicais que honravam Apolo na antiguidade.

O livro é instigante, com diálogos bem humorados e inteligentes e ilustrações que enriquem a narrativa. Conceitos filosóficos costuram a trama, mas sem didatismo e sem cansar os jovens leitores. Para os adultos que gostam de mitologia, a obra é uma boa pedida para uma leitura compartilhada entre pais e filhos. Já o rico glossário no final serve ainda para facilitar a adoção da obra por escolas, como recurso complementar às aulas de História e Artes.

Um dos principais méritos da publicação é que ao chegar ao final, o leitor se sente estimulado a investigar mais sobre a cultura clássica e sua herança contemporânea para a humanidade. Sem dúvida, um jeito bem divertido de aprender!

Ficha Técnica:

Os mitos gregos e a música

Autores: Marcos Martinho e André Diniz

Coordenação: Heloísa Prieto

Editora Ática

72 páginas

Preço: R$ 30,90

Classificação indicativa: entre 11 e 12 anos (6º e 7º anos do ensino fundamental)

Tags: , , , , , ,

4 Respostas to “Livro mistura HQ e prosa para recontar mitos gregos”

  1. Livro mistura HQ e prosa para recontar mitos gregos - A Tarde On Line  Says:

    [...] Article from http://literatura.atarde.uol.com.br/?p=2633 Compartilhe:Curtir isso:Curtir [...]

  2. Livro mistura HQ e prosa para recontar mitos gregos - A Tarde On Line - Agência Literária Ag2  Says:

    [...] a notícia na fonte: http://literatura.atarde.uol.com.br/?p=2633 Compartilhe isso:FacebookTwitterLinkedInGoogle +1 jQuery(document).ready(function(){ [...]

  3. Danilo  Says:

    Amigos (as) entrei no blog com intenção de pedir ajuda para encontrar um texto que li em minha infância e que fala de uma menina que vivia em um lar cujos pais pareciam passar por problemas conjugais e no dia do aniversário do pai ela resolve lhe fazer um bolo. O pai havia decidido abandonar o lar. Fugir com outra pessoa e já estava até com a passagem no bolso, mas é surpreendido pelo gesto da filha justo no momento em que iria embora. Lembro que o texto diz que nomomonte em que comia aquele bolo meio cozido, meio cru o pai começa a rasgar a passagem que estava em seu bolso. Acredito que o texto é da escritora Cecília Meireles, mas não tenho certeza. Por favor se alguém souber em que livro S encontra esse texto ou se há alguma reprodução na internet por favor entre em contato.

    Meu email é:

    noticiasdoceara@gmail.com

    Obrigado;

    Danilo.

  4. Andreia Santana  Says:

    Oi Danilo,

    Da obra de Cecília Meireles que eu conheço não há nenhum texto com essa descrição, mas não sou especialista na autora. Pesquisei na internet e não consegui encontrar referência a essa história. Fica seu pedido aqui no blog para ver se algum dos nossos leitores tem essa informação. Abs!

Deixe seu comentário