Callis ganha prêmio com biblioteca digital

postado por Andreia Santana @ 10:50 PM
13 de setembro de 2012

A Callis, editora especializada em obras infantis e educativas, ganhou o Prêmio TOP Educação 2012, na categoria biblioteca virtual, com sua Biblioteca Callis de Livros Encantados. O concurso, realizado pela Revista Educação desde 2006, tem o objetivo de reconhecer e premiar as marcas mais relevantes no mercado editorial voltado para a educação. A biblioteca reúne 40 títulos com narração, vídeos, trilha sonora, games e planos de aula que ajudam os professores a aproveitar o conteúdo de forma integrada. A biblioteca da Callis foi eleita por votação popular. A cerimônia de premiação será em 23 de outubro, Conheça um pouco mais da biblioteca aqui.


Callis divulga lançamentos infantis de maio

postado por Andreia Santana @ 8:24 PM
24 de maio de 2012

A Callis Editora divulgou a lista dos novos títulos infanto-juvenis que coloca no mercado agora em maio. Vejam abaixo as sinopses, capas e fichas técnidas das obras:

BRINQUEDOS CANTADOS
O livro resgata uma série de cantigas de roda, traz partituras e letras das cantigas e explica passo a passo a coreografia de cada uma delas.

Autores: Mônica Simões e Vera Lúcia Dias

Ilustrações: Ramont Willy

32 páginas / Preço: R$ 30,90

 

CONTOS AFRICANOS
O livro reúne histórias que traduzem as muitas Áfricas dentro de um único continente. Das terras quentes do Saara às selvas e às savanas, os textos remetem aos cantos e contos populares entre os povos africanos.

Autor: Ernesto Rodrigues Abad

Tradutor: Raquel Parrine

96 páginas / Preço: R$ 25,00

 

NO LUGAR DO CORAÇÃO
O livro conta a história de João, um homem ambicioso de poder e dinheiro que se envolve com o Sem-Nome, um ser do mal, para conseguir o que quer, mas que percebe que o preço a pagar é bem alto…

Autor: Sonia Junqueira

Ilustrador: Ana Göbel

40 páginas /Preço: R$ 28,90

 

BERNARDO E O ENIGMA DAS AMAZONAS
Depois de encontrar vários perigos em Petrópolis para salvar a Princesa de Cristal, Bernardo e seu amigo inseparável, o cavalo Pegasus, viajam para a Amazônia. Nessa nova aventura, que se passa no ano de 1886, Bernardo enfrentará animais selvagens, uma tribo de mulheres guerreiras e a fúria das águas do Rio Negro e do Solimões para desvendar um grande mistério…

Autor: Flavia Reuis

Ilustrador: Camila Carrossine

104 páginas / Preço: R$ 29,50

*Sinopses enviadas ao blog pela editora


Graciliano e Nélida Piñon para petits

postado por Andreia Santana @ 12:32 AM
10 de maio de 2012

A editora Record lançou agora em maio, obras de Graciliano Ramos e de Nélida Piñon voltadas ao público infanto-juvenil. De Graciliano, o livro é O estribo de prata, na verdade um dos contos do livro Histórias de Alexandre, que aqui é publicado em versão solo. A obra, que fala da riqueza cultural do sertão, tem ilustrações de Simone Matias. De Nélida, a editora traz para a meninada A roda do vento, uma metalinguagem que fala do prazer da leitura a partir de uma divertida história cheia de imaginação, que remonta à  infância e adolescencia da escritora.

Outro bom lançamento do mês para o público mirim é da Callis Editora, A infância de Ana Maria Machado, de Carla Caruso. Como o título sugere, a obra é uma biografia focada numa fase da vida de uma das maiores escritoras infanto-juvenis do país, Ana Maria Machado, jornalista, professora, e autora de mais de 100 obras.

Fichas Técnicas:

O estribo de prata
Graciliano Ramos
24 páginas / Preço: R$ 32,90
Editora Record

A roda do vento
Nélida Piñon
96 páginas / Preço: R$ 22,90
Editora Record

A infâcia de Ana Maria Machado
Carla Caruso
Callis Editora / Preço: 26,90


Livros infantis contam infâncias de Beethoven e Anita Malfatti

postado por Andreia Santana @ 12:35 AM
17 de dezembro de 2011

Os 214 anos do nascimento do compositor clássico alemão Ludwig van Beethoven, completados neste sábado, 17, são homenageados pela Callis Editora, com a publicação do livro infantil Beethoven dentro da Coleção Crianças Famosas. Menino prodígio, aos quatro anos, já tocava piano e violino. Suas primeiras aulas de música foram dadas pelo próprio pai, que era cantor e um professor muito rígido. O primeiro concerto ocorreu quando ele tinha sete anos. A infância do gênio da música  e sua consagração mundial, além dos aspectos trágicos como a surdez, são apresentadas de forma lúdica e com uma linguagem simples.

Da mesma coleção, é o livro Anita Malfatti, sobre a infância da pintora brasileira expoente do movimento modernista. O aniversário de Anita – morta em novembro de 1964 – também seria agora em dezembro, no dia 02. O livro, de Carla Caruso, conta a história da pintora, que desde os primeiros anos de vida, gostava do mundo das artes. Portadora de uma atrofia no braço direito, a pequena Anita foi obrigada a aprender a usar a mão esquerda para tudo o que fazia. A obra retrata de maneira leve e emotiva a infância da pintora e convida o leitor a conhecer os passos, as dificuldades e a trajetória da artista até os anos em que ficou mundialmente conhecida por quadros como “O Homem Amarelo”, “O Burrinho” e  “O Farol”.

Outros artistas também já tiveram suas infâncias retratadas pela Coleção Crianças Famosas, como Bach, Michelangelo, Aleijadinho, Chiquinha Gonzaga, Cartola, Jorge Amado, Castor Alves e Pablo Picasso.

Fichas Técnicas:

Beethoven – Crianças famosas    

Callis Editora

Autor: Ann Rachin

Ilustrações: Susan Hellard

24 páginas / Preço sugerido: R$ 21,00

Anita Malfatti – Crianças Famosas

Callis Editora

Autora: Carla Caruso

Ilustrações: Angelo Bonito

24 páginas / Preço sugerido: R$ 21,00


Novo livro de Daniel Munduruku resgata mitos indígenas

postado por Andreia Santana @ 6:37 PM
29 de junho de 2011

Como surgiu – Mitos indígenas brasileiros é o novo livro do escritor Daniel Munduruku, lançamento da Callis Editora. A obra traz várias histórias de tribos como Apinajé, Tembé e Caiapó que explicam por exemplo a origem do fogo, do milho e da mandioca.

Além de revelar as crenças indígenas, Munduruku mostra ao leitor um panorama atual sobre a presença do índio no Brasil: desde crescimento populacional até a “urbanização” de várias tribos e as disputas de terra no território da Floresta Amazônica.

O autor - Daniel é índio da nação Munduruku, dai ter adotado o nome de sua tribo como escritor. Formado em filosofia pela UNISAL (em Lorena) e doutor em educação pela Universidade de São Paulo (USP). Recebeu o Prêmio Jabuti pela versão infantil do livro Coisas de índio (Callis Editora) e é diretor-presidente do Instituto Indígena Brasileiro para Propriedade Intelectual – INBRAPI, que defende o patrimônio cultural e os conhecimentos tradicionais dos povos indígenas brasileiros.

Ficha Técnica:

Como surgiu – Mitos indígenas brasileiros

Autor: Daniel Munduruku

Ilustrações: Rosinha

31 páginas

Preço: R$ 24,90


Pagu vira tema de livro infanto-juvenil

postado por Andreia Santana @ 10:53 PM
17 de junho de 2011

Se estivesse viva, a escritora e jornalista Patrícia Galvão (Pagu) completaria 101 anos. A data representa também a luta de uma mulher brasileira pelos direitos iguais entre os sexos. Para contar a história da ativista, a Callis Editora lança este mês o livro Pagu, da escritora Lia Zatz.

Na obra, a trajetória de Pagu é contada por Telma, uma mulher humilde que sobrevive recolhendo e reutilizando coisas descartadas por outras pessoas. Até que um dia ela encontra uma sacola especial, que contém antigas cartas, fotos, documentos e pastas. Reunindo os materiais, Telma reconstrói o mundo em que Pagu viveu.

A obra também retrata São Paulo no início do século XX, época em que ainda existia muito preconceito em relação à mulher. Com uma linguagem simples e informal, Telma mostra aos leitores de todas as idades a importância que Patrícia Galvão teve para a conquista dos direitos femininos.

O título faz parte da Coleção A luta de cada um, que também traz personagens como Ajuricaba, Chico Mendes, Irmã Dulce, Luiz Gama e Zumbi dos Palmares.

Ficha Técnica:

Pagu

Autora: Lia Zatz

Ilustração: Camila Mesquita

Callis Editora                                     

96 páginas                                        

Preço sugerido: R$ 26,90


Livro conta a infância de Monteiro Lobato

postado por Andreia Santana @ 11:49 PM
19 de abril de 2011

O aniversário de Monteiro Lobato, criador do Sítio do Pica-Pau Amarelo, foi nesta segunda, dia 18 de abril. E aproveitando a data, a Callis Editora lançou mais um volume da coleção Crianças Famosas, falando justamente da infância do “pai” da boneca Emília.

Escrito por Nereide Santa Rosa, o livro narra a infância do pequeno Juca – apelido de infância de Lobato – que, bem diferente de Pedrinho, Narizinho e Emília, era um menino quieto, que preferia passar horas na biblioteca do avô, chamada por ele de “sala encantada”, ou na companhia das irmãs mais novas Esther e Judith.

Em comum com os personagens do Sítio, Monteiro Lobato tem as lembranças da fazenda “Santa Maria” , em Taubaté, onde cresceu. A varanda da casa grande, os pés de café e até um morro de mata virgem, que imaginava ser o habitat de onças e índios.

A Coleção Crianças Famosas conta os primeiros anos de vida de grandes personalidades como Cecília Meirelles, Leonardo da Vinci, Jorge Amado e Santos Dumont, entre outros.

Ficha Técnica:

Monteiro Lobato – Coleção Crianças Famosas

Autora: Nereide S.Santa Rosa

Callis Editora

24 páginas

Sugestão de Preço: R$ 21,00


Brasil ganha 1ª biblioteca digital

postado por Andreia Santana @ 11:24 PM
1 de dezembro de 2010

A primeira biblioteca de livros digitais do Brasil será lançada no próximo dia 7 de dezembro pela editora Callis. A  Biblioteca Callis de Livros Encantados contempla 40 obras infantis completas, animadas, narradas e com trilha sonora exclusiva para uso em salas de aula. A apresentação da biblioteca digital será feita durante o evento Letramento Digital na Escola 3.0, que reunirá especialistas para debater o uso de tecnologia em sala de aula e oferecerá oficinas para professores.

Cada livro da biblioteca digital foi tratado página a página para ganhar movimento, como se fosse um desenho animado, recebeu narração e uma trilha sonora exclusiva composta por Kalau, compositor consagrado de trilhas para teatro, cinema e televisão. Os livros trazem ainda sugestões de atividades para sala de aula como testes para verificar as hipóteses de leitura dos alunos, dados adicionais sobre o autor e glossário interativo.

O seminário Letramento Digital na Escola 3.0 vai reunir diretores, professores e demais interessados em educação, no Centro Brasileiro Britânico em São Paulo.