Pílulas literárias para todas as idades

postado por Andreia Santana @ 11:57 AM
6 de maio de 2013

Muita novidade no mundo das letras. As editoras nacionais lançaram boas opções, entre o finalzinho de abril e o começo de maio, para quem vive de “devorar” livros. É anotar as dicas e correr para a livraria ou site mais próximos. Para facilitar, organizei por faixa etária:

Para crianças:

Cachtánca, artista por acaso - história infantil escrita por Anton Tchékhov, conta a história de uma cachorrinha que se perde do dono e é acolhida por um palhaço que trabalha como treinador de animais. Ao lado de vários bichos, Cachtánca vive inúmeras aventuras perigosas e divertidas. O lançamento é da Globo Livros e a média de preço, R$ 29,90.

Para adolescentes:

Um resgate impossível – Trata-se do volume dois da fase dois da saga The 39 Clues, que é bem popular entre os adolescentes. Essa etapa se chama Cahills Vs Vespers. A saga é publicada no Brasil pela editora Ática. Um resgate impossível foi escrito por Jude Watson. Na série The 39 Clues, os leitores são apresentados aos poderosos Cahills, uma família que domina vários campos do conhecimento humano e que tem a sua fonte de poder perdida e escondida em 39 pistas espalhadas pelo mundo. Os Cahills disputam com os Vespers, uma seita implacável que também está à caça desse tesouro. Nos EUA, a série já tem cinco volumes publicados e mais dois livros em fase de finalização. A média de preço dos livros é R$ 38,50.

Um coração maior que o mundo – Também lançamento da Ática, o livro, escrito por Luís Augusto Fischer, integra a coleção Descobrindo os clássicos. Esse livro faz uma releitura da obra Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga e apresenta o movimento literário arcadismo aos adolescentes. A ideia da coleção é introduzir e estimular a leitura dos grandes clássicos da literatura a partir de novas histórias ambientadas no mundo atual e escritas por autores contemporâneos. Moacyr Scliar, por exemplo, assina o título O sertão vai virar mar, que reconta Os sertões, de Euclides da Cunha. A média de preço dos volumes é R$ 33,00.

Para os adultos:

Tempos fraturados, cultura e sociedade – Essa é uma publicação póstuma do historiador Eric Hobsbawn, lançada no Brasil pela Companhia das Letras. Trata-se de uma coletânea de ensaios, conferências e artigos do autor, escritos entre 1964 e 2012 (ano de sua morte), que versam sobre arte e política no século XX e seus efeitos para os primeiros anos do novo milênio. Em alguns textos, Hobsbawn também reflete sobre a cultura de massa e o advento da internet. O preço do livro é R$ 39,90.

Na lista dos dez mais lidos:

José Saramago está de volta às listas dos mais lidos no país com o fenomenal Caim, romance lançado em 2009, um ano antes da morte do autor. O livro aqui no Brasil é publicado pela Companhia das Letras e custa R$ 39,50, em média. Caim aparece no ranking divulgado pela revista Época desta semana e para quem ainda não teve a oportunidade de ler, fica a dica e um resumo que escrevi na época do lançamento, para estimular a corrida até a livraria:

“Neste livro, José Saramago se predispõe a escrever um suposto capítulo na bíblia, uma espécie de “evangelho apócrifo”, ou melhor, “capítulo apócrifo do Gênese”, sobre o destino de Caim, o filho de Adão e Eva, que por inveja, matou o irmão Abel (o preferido de Deus). Marcado pela ira divina, Caim é condenado a errar pelo mundo e pelas eras, testemunhando boa parte das histórias do Velho Testamento (A Torre de Babel, A queda de Sodoma e Gomorra, o sacrifício de Abrãao e o dilúvio enfrentado por Noé). Ao longo de sua trajetória, Caim questiona Deus que, por sua vez, nem sempre consegue dar respostas satisfatórias…


Companhia das Letras lança As virgens suicidas

postado por Andreia Santana @ 11:52 AM
18 de fevereiro de 2013

O romance As virgens suicidas, de Jeffrey Eugenides, chega ao mercado editorial brasileiro agora em fevereiro, em nova tradução, pela Companhia das Letras. Adaptado para o cinema, em 1999, por Sofia Coppola, o livro já foi publicado em 34 idiomas.

As virgens suicidas é o livro de estreia de Jeffrey Eugenides. Lançado em 1993, tornou-se um cult da literatura norte-americana contemporânea. Eugenides também ganhou o Pulitzer, considerado o maior prêmio literário dos EUA e um mais importantes do mundo, em 2003, pelo romance Middlesex.

Sinopse – A obra é ambientada em um típico subúrbio dos Estados Unidos, nos anos 1970. Cinco irmãs adolescentes se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia ocorre no seio de uma família que vive sob severas restrições morais e religiosas em pleno período pós-revolução sexual.

Ficha Técnica:

As virgens suicidas

Autor:  Jeffrey Eugenides

Tradução: Daniel Pellizzari

Editora: Companhia das Letras

232 páginas

R$ 39,50

*Com informações da Companhia das Letras


Livros para encher o Dia da Criança de fantasia

postado por Andreia Santana @ 4:15 PM
11 de outubro de 2012

O Dia da Criança, nesta sexta, dia 12, é uma ótima oportunidade para incentivar nos pequenos o hábito da leitura. Mas, não basta apenas comprar um livro e entregar para a criança. O hábito da leitura precisa ser estimulado como algo prazeroso e lúdico desde a primeira infância. Para os menorzinhos, que ainda não leem sozinhos, nada mais estimulante do que contar-lhes uma história, fazendo a criança interagir com o objeto livro e também com o universo da história lida ou contada. Para ajudar na escolha de um bom título para presentear a meninada e incentivar essa imersão no mundo da fantasia, o blog fez uma lista com dicas de lançamentos ou obras de catálogo que merecem ser conhecidas. Confiram abaixo, escolham aquele que mais se identifica com o seu pequeno e boa leitura!

Direto da Bahia, dicas da Solisluna Editora:

Pastinha – O menino que virou mestre de capoeira - Narra a infância do principal mestre de capoeira angola da Bahia, que na infância era um menino miudinho e franzino, de origem humilde, criado no Pelourinho e aprendeu capoeira com um velho africano, como forma de escapar das rixas com garotos mais velhos e mais fortes. A história traz também informações interessantes sobre a cultura baiana no começo do século XX e diverte crianças e adultos.

Autor: José de Jesus Barreto

Ilustrações: Cau Gomez

32 páginas / R$ 35,00

Vaporzinho – Conta para as crianças a história do Vapor de Cachoeira, navio que no século XIX ligava Salvador ao recôncavo baiano,  através da baía-de-Todos-os-Santos, usando para isso poesia e desenhos em aquarela e crayon em pintura digital. O livro traz ainda recursos didáticos como um mapa do trajeto do Vapor de Cachoeira e dados sobre a história da embarcação.

Autor e ilustrador – Enéas Guerra

36 páginas

Preço: R$ 35,00

Cirilo, o dragão que sonhava ser bombeiro - Conta a história de Cirilo, um dragãozinho de linha real que desde pequeno tinha fascínio pela água e gostava de nadar e brincar de tocar fogo em arbustos, só para esguichar água depois e apagar o pequeno incêndio.

Autor: Carolina Bacelar

Ilustrador: Enéas Guerra.

Preço: R$ 25,00

Ibejis - O livro traz a história dos orixás gêmeos, filhos de Xangô e Iansã, que no catolicismo foram sincretizados com São Cosme e São Damião, revelando para as crianças a riqueza da cultura que gravita em torno do tradicional caruru.

Texto e ilustrações de Edsoleda Santos

Preço: R$ 35,00

Oxum -  A obra resgata e traduz para o universo infantil a lenda de Oxum, orixá das águas doces, recolhida e divulgada pelo fotógrafo e etnólogo Pierre Verger.

Texto e ilustrações de Edsoleda Santos, com base na obra de Pierre Fatumbi Verger

Preço: R$ 35,00

Oxalufã - Oxalufã, o rei de Ifan, decide ir visitar o amigo Xangô, rei de Oyó. A viagem é longa, são muitos dias de marcha entre desertos, florestas e savanas. Antes de ir, ele é advertido pelo babalaô da Corte, que alerta: a viagem será perigosa, mas Oxalufã resolve arriscar. Nessa obra, a lenda do orixá Oxalufã (uma qualidade de Oxalá em idade avançada) são resgatadas e adaptadas para as crianças as histórias recolhidas por Verger na África e as versões feitas por Carybé e Reginaldo Prandi.

Autor: Renato da Silveira

Ilustrações: Edsoleda Santos

Preço: R$ 35,00

Saíra Sete Cores - Conta a história de um passarinho de cores fortes e vibrantes, que nasce, cresce, encontra um amor e tem seus próprios filhotes. A autora usa a trajetória do pássaro para descrever em linguagem poética, as estações do ciclo da natureza – verão, outono, inverno e primavera.

Autora: Débora Knittel

Ilustrações: Naara Nascimento / Preço: R$ 42,00

Margarida Bem-me-quer –  Escrito em poema com versos curtos, conta a história de um jardim onde mora uma margarida muito especial. O leitor acompanha a rotina da florz desde o amanhecer até o anoitecer e, a partir do ponto de vista dela, enxerga o mundo de insetos, pássaros e outras flores que revelam o encanto da natureza.

Autora: Débora Knittel

Ilustrações: Enéas Guerra

Preço: R$ 42,00

A dama de branco - Desde o primeiro dia de aula, Lucas fica amigo de uma coleguinha. Mas, certo dia, a menina não aparece na escola e Lucas fica sabendo que ela havia morrido. No enterro, uma mulher de branco se aproxima dele e começa a explicar o que é a morte. A abordagem da temática é feita de forma suave e inteligente pela psicóloga Graziela Domini Peixoto. Por meio de um ambiente encantado, Lucas perde o medo e entende melhor esse fenômeno inevitável da vida.

Autor: Graziela Domini

Ilustrações: Edsoleda Santos

Preço: R$ 35,00

Papai Noel existe, mamãe? - O livro reconta a história do Papai Noel, que no livro é um homem que trabalha normalmente e ainda faz presentes para crianças. Mas os pedidos aumentam tanto que um dia ele não consegue mais dar conta de tudo. As crianças sugerem uma solução e os pais unem forças para ajudar na tarefa de presentear todo mundo.

Autor: Graziela Domini

Ilustrações: Ian Sampaio

Preço: R$ 35,00

O dragão do Ventre de Ouro - Carlos Looendvog tinha doze anos de idade e uma vida muito parada até um pitbull atacá-lo na véspera das férias de verão. O cachorro é apenas uma das muitas materializações físicas de Enácio Choufer, um vilão movido pelo ciúme do sucesso profissional do pai de Carlos, o Sr. Jimmy, que trabalha como caçador de dragões. O perigoso Enácio faz de tudo para sugar a essência vital do único filho dos Looendvogs. Encontrar o ovo do dragão do ventre de ouro é o desafio do jovem herói no primeiro episódio da série A Saga de Carlos Looendvog.

Autor: Éric A. A. Oliveira

Ilustração: Athos Sampaio

Preço: R$ 25,00

Dicas de editoras nacionais: 

Charles na Escola de Dragões - Diferente dos seus colegas, o dragão Charles faz poesia e não cospe fogo nos cadernos como mandam as professoras. A obra de Alex Cousseau, com ilustrações de Philippe-Henri Turin, se inspira no famoso poema O albatroz, de Charles Baudelaire. O livro conta a história de um pequeno dragão que acaba de ingressar na escola. Franzino e sem destreza para o voo, ele foge aos padrões de seus colegas de classe, que lhe provocam o tempo todo por ele ser diferente.

Autor: Alex Cousseau

Ilustrador: Philippe-Henri Turin

Editora FTD

48 páginas e acabamento em capa dura / Valor: R$ 60,70

O mistério do bolso furado - Numa manhã de sol, Zero Vírgula Zero Cinco, uma moeda de cinco centavos que prefere ser chamada de Pratinha, cai de um bolso furado e dá com a cara no chão. A partir daí, o leitor é convidado a acompanhar a trajetória da moedinha, que passa de bolso em bolsa, de mala a mochila, desde que saiu da Casa da Moeda, junto com outras milhares de pratinhas iguais a ela. A ideia é mostrar para as crianças, de forma divertida, qual é o caminho do dinheiro até chegar às mãos das pessoas.

Autor: Cleusa Maria

Editora Galerinha

80 páginas

Preço: R$ 24,90

 Aí é outra história… - Maurício Veneza resolveu criar diferentes finais para contos de fadas consagrados como A bela adormecidaCinderela e O príncipe sapo. O livro tem ilustrações do próprio autor. que também convida as crianças para escreverem novos personagens e inventarem outros finais para os seus contos preferidos.

Autor: Maurício Veneza

Editora Galerinha

40 páginas

Preço: R$ 37,90

 

Mwindo - O que mais pode acontecer de estranho na vida de alguém que, em vez de nascer da barriga da mãe, nasceu do dedo? Mwindo, sétimo filho do rei Shemwindo, está jurado de morte pelo próprio pai e, para escapar, irá contar com a ajuda de seres divinos, teias de aranha superpoderosas e habilidades de dança. A história de nobreza, inteligência e coragem é inspirada nas lendas do continente africano.

Autor: André Diniz e Jacqueline Martins

Editora Galerinha

64 páginas

Preço: R$ 32,90

Diário de uma garota nada popular 3,5 - Nikki Maxwell, personagem de uma série juvenil homônima que já tem mais de 100 mil leitores no Brasil, perde seu caderno inseparável e na busca pelo objeto, se envolve em muitas aventuras, enquanto dá dicas criativas sobre o que os leitores podem escrever em seus próprios diários.

Autor: Rachel Renée Russell

Editora Verus

280 páginas

Preço: R$ 29,90

Artemis fowl: uma aventura no Ártico (graphic novel) - O menino gênio do crime, Artemis Fowl, personagem juvenil consagrado do irlândes Eoin Colfer, está de volta em versão graphic novel. Um dos livros da série, Uma Aventura no Ártico, já lançado anteriormente no Brasil, foi adaptado para os quadrinhos e chega às livrarias agora em outubro. Para quem não conhece Fowl, o menino é um rico herdeiro de uma família renomada de bandidos internacionais, que conseguiu aumentar a fortuna da família após roubar o mítico ouro das fadas. Os livros da série são indicados para leitores adolescentes  e misturam a mitologia britânica com altíssima tecnologia, já que Fowl é um gênio da computação. Nesse episódio, ele precisa resgatar seu pai, sequestrado pela máfia russa, e para conseguir lutar contra rivais tão perigosos, precisará justamente da ajuda das fadas.

Autor: Eoin Colfer

Editora: Galera Record

132 páginas / Preço: R$ 29,90

A bolsa amarela - Raquel é uma menina com problemas de auto-estima que tem três grandes vontades: ter nascido menino, se tornar adulta e virar escritora. A família de Raquel parece não compreender a enorme imaginação da garota e por ela ser o que se chamava antigamente de “filho temporão”, seus pais já estão sem paciência para educá-la, enquanto os irmãos mais velhos vivem pegando no seu pé. A família de Raquel é bem pobre e uma tia rica vive enviando sobras de seu guarda-roupa para as sobrinhas. Num dos pacotes, uma bolsa amarela que ninguém quer acaba sendo adotada pela menina como uma espécie de mundo secreto, onde ela guarda suas vontades e histórias…

Autora: Lygia Bojunga

Editora: Casa Lygia Bojunga

135 páginas

Preço: R$ 26,00

Ponte para Terabítia - Escrito para o filho da escritora Katherine Paterson, o livro conta a história da amizade entre Jess Aarons e Leslie Burke. Ele é o único menino em uma família com quatro irmãs e ela é filha única de um casal de intelectuais. Enquanto Jess é reprimido pelo pai e precisa sempre atender as expectativas de sua mãe, além de lidar com as implicâncias das irmãs mais velhas e a idolatria da caçula, Leslie é criada com liberdade e incentivo à imaginação e aos seus talentos naturais. Após conhecer o frágil Jess na escola, Leslie o ensina o poder da leitura e da fantasia como aliadas para vencer as adversidades da vida real.

Autora: Katherine Paterson

Tradução: Ana Maria Machado

Editora: Salamandra

160 páginas / Preço: R$ 37,50

Odd e os gigantes de Gelo - Ambientado na fria Noruega, o livro narra a história do menino vicking Odd. Órfão de pai, ele tem uma perna defeituosa e é considerado meio bobo na aldeia onde vive com a mãe, o padrasto e os irmãos postiços. Numa noite em que decide se mudar para a antiga cabana de caça do pai falecido, Odd conhece três incríveis animais, uma águia, um urso e uma raposa, que o conduzem para uma jornada em busca da salvação para o Asgard, o reino dos Aesir (os deuses nórdicos), que foi capturado pelos gigantes de gelo, condenando a terra a um frio eterno.

Autor: Neil Gaiman

Ilustrações: Brett Helquist

Tradução: Maria Beatriz Branquinho

Editora: Rocco

126 páginas

Preço R$ 20,00


Blog celebra centenário de Jorge Amado

postado por Andreia Santana @ 11:25 PM
28 de agosto de 2012

A Companhia das Letras criou um blog para homenagear o centenário do escritor baiano Jorge Amado (blog.jorgeamado.com.br). A página reúne reportagens, entrevistas e a memória das obras do autor, que estão sendo reeditadas pela Companhia. Há também bom material de pesquisa, como uma postagem sobre os cartões trocados entre Zélia Gattai e Jorge Amado e que ainda estavam inéditos; além da repercussão das notícias do centenário do escritor mundo afora. Em Portugal, por exemplo, a revista Blimunda, da Fundação José Saramago, fez um dossiê sobre Jorge Amado em uma de suas edições.

Outro presente reservado aos fãs da obra do autor nascido na região cacaueira são as entrevistas com artistas e escritores contemporâneos sobre o significado da obra de Jorge Amado em suas vidas. Representando a nova geração das letras na Bahia, o escritor e jornalista Davi Boaventura, autor de Talvez não tenha criança no céu (leia a resenha da obra), foi entrevistado pela equipe do blog e contou como começou sua viagem pelo universo amadiano  (leia a entrevista).


Resenha: Asterios Polyp (graphic novel)

postado por Andreia Santana @ 5:36 PM
30 de outubro de 2011

Romance em linhas e curvas

Trecho de Asterios na publicação original, em inglês

Econômico nos traços e nas palavras, David Mazzucchelli consegue dizer muito da condição humana com a sua novela gráfica de estreia, Asterios Polyp, lançada no Brasil agora em outubro, pela Quadrinhos na Cia (divisão da Companhia das Letras). Trata-se de uma história de amor e autodescoberta sem arestas aparadas, em linhas retas e firmes, deslizando em curvas ocasionais que se insinuam nas entrelinhas. Profundo, sem ser arrogante, simples, sem conceder espaço às simplificações banais, Asterios conquista pela beleza plástica e por uma narrativa concisa e criativa.

Diria que é ao mesmo tempo ácido e delicado, realista e também romântico. A arquitetura usada como metáfora para a vida e para discutir desde o casamento até a amizade e a sociedade contemporânea parece um lugar comum, mas a vida em seus lugares comuns pode surpreender.

O texto e as imagens se complementam em simbiose perfeita, um dando sentido ao outro e às vezes, um dispensando o outro. Mas a entrelinha está ali, cheia de significados.

A históriaAsterios Polyp conta a história de um renomado professor universitário – homônimo ao livro – e autor de projetos arquitetônicos visionários, mas que nunca saíram do papel. De temperamento irascível, tirado a Don Juan, preconceituoso, arrogante, ranzinza, racional e pragmático ao excesso, Asterios tem sua vida narrada pelo gêmeo Ignazio, natimorto, e que funciona como um duplo fantasma, em um fascinante jogo de espelhos.

O ponto de partida é um incêndio que consome toda a vida já decadente de Asterios, e do qual ele salva apenas a roupa do corpo e alguns poucos pertences, aparentemente insignificantes, mas que ao longo da trama vão se revelando vitais em determinadas fases da vida do personagem. Após a tragédia, ele parte em uma jornada em busca de si mesmo e de um sentido novo para a própria vida. O ex-acadêmico passa a morar com uma família típica média do interior dos Estados Unidos e vê a própria existência em perspectiva, repensando desde a infância até o casamento que parecia perfeito, mas fracassa.

É  uma obra de arte que celebra a vida e o amor,embora traga aquele travo de ironia e desencanto dos tempos modernos, cheia de referências filosóficas e existencialistas, mas que não deixa de transbordar aquela humanidade encontrada ao dobrar de uma esquina. Trabalho de mestre, sem dúvida, para deleite dos amantes de quadrinhos. Mas é ainda uma saborosa descoberta para quem se aventura nesses mares pela primeira vez.

O autor – David Mazzucchelli é mais conhecido por seus trabalhos em Demolidor – o homem sem medo e Batman: ano 1. Contemporâneo de Frank Miller, Alan Moore e Neil Gaiman, ele nasceu nos EUA, em 1960. Asterios Polyp é sua primeira graphic novel e uma estreia altamente promissora na seara dos trabalhos autorais. Antes, além de trabalhar com Moore na série Demolidor, ele havia adaptado Cidade de vidro, de Paul Auster (Leviatã, Noite do Oráculo), para os quadrinhos.

Ficha Técnica:

Asterios Polyp

Autor: David Mazzucchelli

Tradução: Daniel Pellizzari

Editora: Companhia das Letras / Quadrinhos na Cia

344 páginas

R$ 63,00


Resenha: O Mundo de Sofia

postado por Andreia Santana @ 12:09 AM
22 de janeiro de 2011

O livro O Mundo de Sofia, ícone dos anos 90, completa 20 anos agora em 2011. O caderno 2+ – edição impressa de A TARDE deste sábado, dia 22 (assinantes da versão digitalizada acessam neste link) -, publica reportagem minha sobre a importância da obra na popularização de temas filosóficos na literatura. Abaixo, vocês lêem uma resenha do livro, conferem a ficha técnica e também trechos da minissérie norueguesa inspirada no romance de Jostein Gaarder:

“O mundo do conhecimento”

A palavra sofia vem da língua grega e significa conhecimento. Não é à toa que Jostein Gaarder escolhe este nome para sua protagonista. O mundo de Sofia, traduzindo literalmente, é “o mundo do conhecimento”, que na visão deste autor, é acessível a todos. Desde que as palavras sejam despidas da pompa limitadora e imbuídas de simplicidade, revelam que certos “grandes mistérios”, só precisam de um pouco de esforço de raciocínio para serem desvendados.

Parece utópico, em um mundo tão desigual, acreditar que o conhecimento um dia será de fato acessível a todos, mas com seu carismático livro que se pretende um “romance da história da filosofia”, Gaarder nos mostra que sem utopias sequer teríamos chegado à civilização. Nesse contexto, O mundo de sofia também é um livro que fala de poder. É fato que quanto mais conhecimento alguém adquire, mais capaz torna-se de questionar a “ordem natural das coisas”.

Jostein Gaarder era professor de filosofia no ensino médio, na Noruega, quando decidiu criar um romance que contasse aos jovens a origem do pensamento crítico e filosófico no ocidente

Para quem nunca leu a obra, O mundo de Sofia conta a história de uma adolescente que perto de completar 15 anos, começa a receber cartas misteriosas com um curso de filosofia gratuito, oferecido por um tal de Alberto Knox, de quem nunca ouviu falar. Ao mesmo tempo, a vida da menina vira de cabeça para baixo porque ela parece intimamente ligada a de outra garota que tem sua idade e faz aniversário no mesmo dia, Hilde Knag.

Enquanto, guiada por Knox, percorre os séculos, passando pelas diversas escolas filosóficas, desde os pré-socráticos da antiga Grécia até Sartre, Sofia precisa lutar contra o tempo para desvendar o mistério de Hilde, do qual depende sua própria existência.

O livro trata ao mesmo tempo do conhecimento abrangente – o que é o mundo? -, até o autoconhecimento. A primeira pergunta que Alberto Knox faz para Sofia é o clássico “quem é você?” A resposta da menina é reveladora: eu sou uma pessoa, sou Sofia. Boa metáfora para a velha fórmula de Descartes, “penso, logo existo”.

Ficha Técnica:

O mundo de Sofia

Autor: Jostein Gaarder

Tradução: João Azenha Jr.

Editora Companhia das Letras / 555 páginas / R$ 49,50

>>Sofia na TV

O mundo de Sofia, ao contrário de obras bem menos conhecidas, não virou blockbuster em Hollywood, mas em 1999 transformou-se em minissérie para a tv norueguesa, que fez um relativo sucesso na Europa e também Austrália, onde a jovem aprendiz de filósofa tem muitos admiradores. Com direção de Erik Gustavson, a série chegou ao Brasil em DVD, em 2008, na esteira das altas vendas do livro no país.

Esse trecho da minissérie é uma boa metáfora também para a imaginação e seus limites:


Dica de leitura do dia: O Mundo de Sofia

postado por Andreia Santana @ 8:32 PM
6 de janeiro de 2011

A dica de leitura do Luz sobre a escrivaninha para esta quinta-feira está completando 20 anos da primeira edição, agora em 2011. O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder, foi lançado em 1991 e virou fenômeno literário, ajudando inclusive a popularizar a Filosofia, que antes era vista apenas como uma ciência de intelectual “cabeção”.  Com a singela experiência da protagonista de apenas 15 anos, Jostein Gaarder conta a história da Filosofia desde a antiguidade. O livro é um dos meus “de cabeceira”.

E o convite continua valendo, quem quiser dar dicas de leitura no blog, basta comentar o post, prometo dar o crédito do autor da dica!

E agora, uma pequena sinopse da obra: às vésperas de seu aniversário de 15 anos  anos,  Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, para uma tal de Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece. O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida do romance, que utiliza elementos de realismo fantástico e de thriller de suspense para revelar a história da filosofia ocidental desde os pré-socráticos até os autores pós-modernos. O livro é daqueles que tem um desfecho surpreendente!

Ficha Técnica:
O mundo de Sofia
Autor: Jostein Gaarder
Editora: Companhia das Letras
560 páginas / Preço: 39,90 no site Submarino.com