Arquivos do Blog


Autêntica lança mais três obras juvenis

postado por Andreia Santana @ 10:29 PM
18 de maio de 2012

A editora Autêntica lança agora em maio mais três obras juvenis que podem ser consumidas sem moderação pelos adultos. Confira as informações técnicas e sinopses, escolha o livro que mais se identifica com você e boa leitura!

O diário de Gian Burrasca

Autor: Vamba (Luigi Bertelli)

Tradução: Reginaldo Francisco

248 páginas

Preço: R$ 34,00

Sinopse: O livro, escrito pelo jornalista e humorista italiano Vamba (1858 – 1920), é considerado um clássico e foi publicado originalmente entre 1907 e 1908, como folhetim. Conta a história de Gian, um menino de Florença, do começo do século XX, bem travesso e com um olhar crítico sobre a vida e as regras impostas pela repressora escola e pelos adultos. Escrito em forma de diário, o livro é uma metáfora que critica a política, religião e preconceitos da sociedade pequeno-burguesa.

Você é livre!

Autora: Dominique Torrés

Tradução: Maria Valéria Rezende

112 páginas

Preço: R$ 32,00

Sinopse: Dominique Torrés, jornalista e documentarista que faz filmes sobre a escravidão ainda vigente em alguns países no século XXI e que escreve artigos denunciando o problema, une ficção e realidade para contar o drama de Amsy, um menino do Níger, na África Ocidental, que junto com os pais, é escravo de uma família tuaregue (nômades que transitam pelos países do deserto do Saara). Amsy encontra um homem que propõe levá-lo para a cidade, onde ele poderá deixar de ser escravo. O menino então precisa lidar com o dilema de libertar-se enquanto os pais ainda permanecem no cativeiro e também o desejo de encontrar sua irmãzinha, vendida para outro grupo tuaregue.

Retratos da Escola

Vários autores

Organização: Adriano Macedo

88 páginas

Preço: R$ 29,00

Sinopse: O livro reúne contos e crônicas de autores de várias gerações, como Machado de Assis, Raul Pompéia, Affonso Romano de Sant´Anna, Lourenço Diaféria, Branca Maria de Paula, o próprio Adriano Macedo e outros, sobre a vida escolar. Para alguns autores, a escola é um espaço de opressão, enquanto para outros é um tempo de muito lirismo. Os textos abordam temas como poder, medo, delação, corrupção, dúvidas, culpa e arrependimento.

*Com informações fornecidas pela editora


Graciliano e Nélida Piñon para petits

postado por Andreia Santana @ 12:32 AM
10 de maio de 2012

A editora Record lançou agora em maio, obras de Graciliano Ramos e de Nélida Piñon voltadas ao público infanto-juvenil. De Graciliano, o livro é O estribo de prata, na verdade um dos contos do livro Histórias de Alexandre, que aqui é publicado em versão solo. A obra, que fala da riqueza cultural do sertão, tem ilustrações de Simone Matias. De Nélida, a editora traz para a meninada A roda do vento, uma metalinguagem que fala do prazer da leitura a partir de uma divertida história cheia de imaginação, que remonta à  infância e adolescencia da escritora.

Outro bom lançamento do mês para o público mirim é da Callis Editora, A infância de Ana Maria Machado, de Carla Caruso. Como o título sugere, a obra é uma biografia focada numa fase da vida de uma das maiores escritoras infanto-juvenis do país, Ana Maria Machado, jornalista, professora, e autora de mais de 100 obras.

Fichas Técnicas:

O estribo de prata
Graciliano Ramos
24 páginas / Preço: R$ 32,90
Editora Record

A roda do vento
Nélida Piñon
96 páginas / Preço: R$ 22,90
Editora Record

A infâcia de Ana Maria Machado
Carla Caruso
Callis Editora / Preço: 26,90


Livro reúne contos sobre fantasias eróticas femininas

postado por Andreia Santana @ 10:15 PM
14 de fevereiro de 2012

A escritora e jornalista argentina Alicia Gallotti é conhecida por suas versões para o Kama Sutra, cujas traduções foram publicadas em 15 países. Agora, ela usa o conhecimento sobre a sexualidade para lançar Nossas Fantasias Mais Íntimas (Editora Planeta), livro que reúne cinco contos protagonizados por mulheres que vivem relacionamentos tórridos, que além de uma festa para os sentidos, conduz também ao autoconhecimento.

Alicia, autora também de Brinquedos Eróticos (outra publicação da Planeta) entende o erotismo como uma das fontes naturais mais gratificantes da vida e uma forma de harmonizar o fluxo de energia vital, daí que neste novo livro, usa esse conhecimento para criar personagens como Olga, profissional que alterna períodos de calmaria com muito estresse profissional e que vive um relacionamento conturbado. Até que numa viagem ao exterior se envolve com um desconhecido. Ou Sandra, que embora tenha uma vida sexual satisfatória com o namorado, descobre-se interessada em outra mulher. Personagem de outro conto, Laura trabalha em Nova York e divide-se entre preparar uma festa para o irmão mais novo e viver um caso com um ex-amigo de infância em crise no casamento, enquanto secretamente deseja seu novo estagiário. Outra história é a de Marta, casada há 21 anos com um homem que não consegue satisfazê-la sexualmente. Na última história do livro, Alicia Gallotti mostra as fantasias da personagem Ana, advogada que mantêm um relacionamento em vias de esfriamento e que descobre-se apaixonada por um advogado rival nos tribunais.

Embora foque nas fantasias sexuais das protagonistas, o livro também não deixa de falar da feminilidade contemporânea e dos muitos papeis que as mulheres assumem voluntariamente ou por acomodação, como o da esposa que se contenta com um marido indiferente na cama. Misturando ficção com uma pitada de “a vida como ela é”, a autora se propõe a explorar diversos temas como relacionamentos frustrados, orientação sexual, crises conjugais e desejos reprimidos.

Ficha Técnica
Nossas fantasias mais íntimas
Autor: Alicia Gallotti
Editora Planeta
208 páginas
Preço: R$ 29,90

Em tempo: Por falar em Planeta, um escritor publicado pela editora no Brasil, o norte-americano James Shapiro, autor de 1599 – Um ano na vida de William Shakespeare,  está confirmado para participar da FLIP – Festa Literária de Paraty – 2012, que acontecerá entre os dias 4 e 8 de julho. Shapiro é o segundo estudioso da obra do escritor britânico a ser anunciado na programação, ao lado do também norte-americano Stephen Greenblatt. Além deles, estão confirmadas até o momento as participações dos escritores Ian McEwan, Jennifer Egan, Jonathan Franzen, Enrique Vila-Matas, Zoé Valdez e Javier Cercas. Em 1599 – Um ano na vida de William Shakespeare, lançado no Brasil em 2011, ao focar em um único ano da vida do bardo inglês, James Shapiro traça um retrato amplo de toda a sociedade, de suas realizações e da época em que o dramaturgo viveu.


Lançamentos nas livrarias neste final de ano

postado por Andreia Santana @ 8:55 PM
26 de dezembro de 2011

A Editora Record e o selo Galera, pertencente ao mesmo grupo editorial, divulgaram a lista dos livros que chegaram às livrarias do país agora no final do ano, ou que podem ser adquiridos nos sites do gênero na internet. Quem está em busca de dica de leitura para as férias, é só anotar a obra de sua preferência na listinha abaixo. Boas compras e boa leitura!

Com olhos de menina

Autor: Encarnació Martorell i Gil

208 páginas

Preço sugerido: R$ 36,90

Sinopse: Oculto por mais de 70 anos, diário inédito de uma menina que viveu os horrores da Guerra Civil espanhola, em 1936, chega às livrarias brasileiras. Comparado a O diário de Anne Frank, Com olhos de menina se distingue por ter sido escrito anos antes e pelo destino menos trágico de sua autora, que sobreviveu ao terror da guerra e vive hoje em Barcelona. Com perspicácia e inocência, Encarnació Martorell oferece um depoimento transparente sobre a guerra que se compara às melhores contribuições literárias do violento século XX.

Isabella de Medici

Autor: Caroline P. Murphy

480 páginas

Preço sugerido: R$ 62,90

Sinopse: Com base em documentos recém-descobertos, a ricamente ilustrada biografia Isabella de Medici, de Caroline P. Murphy, revela a extraordinária história da mulher mais celebrada de sua era. O talento narrativo da autora e seu profundo conhecimento do período iluminam a vida dos Medici no auge do Renascimento. Ao expor suas realizações nas artes e as traições na corte, Isabella de Medici traça um precioso painel histórico.

As quatro estações

Autor: Laurel Corona

464 páginas

Preço sugerido: R$ 54,90

Sugestão: Autora consagrada de diversos romances históricos, Laurel Corona recria magistralmente a vida na Veneza do início do século XVIII em As quatro estações, vencedor do San Diego Book & Writing Award. Abandonadas pelos pais, as irmãs Maddalena e Chiaretta são deixadas aos cuidados do Ospedale della Pietà, um dos maiores orfanatos e escolas de música de Veneza do século XVIII, onde desenvolvem seus talentos musicais. Enquanto Chiaretta se casa com um aristocrata, Maddalena inicia uma relação com seu mestre, o jovem professor e padre Antonio Vivaldi. Desse relacionamento, surge um dos maiores legados musicais de todos os tempo.

O segredo de Copérnico

Autor: Jack Repcheck

256 páginas

Preço sugerido: R$ 49,90

Sinopse: Copérnico deu ao mundo o que talvez tenha sido a mais importante visão cientifica da era moderna: a teoria de que a Terra e os outros planetas se movem ao redor do Sol. Ele também foi o primeiro a proclamar que a Terra gira em torno de seu próprio eixo uma vez a cada vinte e quatro horas. Sua teoria foi verdadeiramente radical: na época em que viveu, quase todos acreditavam que uma Terra estática repousava no centro do cosmo e que todos os corpos celestes se moviam ao seu redor. O segredo de Copérnico recria a vida e o mundo do gênio científico cujo trabalho revolucionou a astronomia e alterou o entendimento de nossa posição no universo.

Guerreiros de Roma: Fogo no Leste

Autor: Harry Sidebottom

462 páginas

Preço sugerido: R$ 59,90

Sinopse: Quando o Império Romano entra em declínio e passa a ser ameaçado pelos persas, o general Balista é enviado à cidade de Arete com a perigosa missão de defender os limites do Império dos invasores e descobrir um traidor no regime. Primeiro livro da série de ficção histórica Guerreiros de Roma, Fogo no Leste traz um recorte da história de um dos maiores impérios da antiguidade, romanceado pela mente do professor de história clássica Harry Sidebottom, especialista em guerras na antiguidade, arte clássica e a história cultural do Império Romano.

Cidade de vidro

Autor: Cassandra Clare

476 páginas

Preço sugerido: R$ 39,90

Sinopse: Com mais de 3 milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos, 33 semanas na lista do New York Times, status de bestseller também na Alemanha, Itália, Espanha e Austrália, a série Instrumentos Mortais fez de Cassandra Clare um fenômeno editorial. Com mais de 10 mil seguidores no Twitter, a autora também encantou o mercado brasileiro com o primeiro volume da trilogia, Cidade dos ossos. Sobre uma adolescente aparentemente normal que descobre ter o sangue de anjos nas veias. E um destino como caçadora de demônios. Agora a trilogia, que ganhará em breve as telas do cinema em produção da Disney, ganha um final surpreendente com Cidade de vidro.

Ricardo III

Autor: William Shakespeare – Adaptação de Richard Appignanesi para os quadrinhos

216 páginas

Preço sugerido: R$ 24,90

Sinopse: Depois do sucesso das versões mangá de Romeu & Julieta e Hamlet, é a vez de uma das mais intensas – e longas – peças de Shakespeare ganhar versão em quadrinhos. Ricardo III exibe nova roupagem com o traço de Patrick Warden, um dos mais promissores desenhistas ingleses da atualidade. Seus desenhos mostram uma Inglaterra repleta de intrigas, onde Ricardo, hábil manipulador, trama para usurpar a coroa de seu irmão. Um jeito moderno e dinâmico de conhecer – ou reler – o texto do bardo.

Fome – Gone 2

Autor: Michael Grant

532 páginas

Preço sugerido: R$ 47,90

Sinopse: Já faz três meses que os adultos de Praia Perdida, na Califórnia, simplesmente sumiram, assim como os telefones, a internet e a televisão. Somente as crianças e os adolescentes menores de 15 anos convivem na bolha de 32 km, cujo centro é uma usina nuclear e onde ao redor estão os restos do que um dia foi uma cidade normal. Em Fome (Gone 2), segundo volume da série best-seller do New York Times, novos problemas – além da escassez de comida – aparecem para dificultar a sobrevivência dos que restaram na cidade.

Com louvor

Autor: Cecily von Ziegesar

320 páginas

Preço: R$ 34,90

Sinopse: Consagrada no mundo todo pela autoria de duas séries juvenis de sucesso, Gossip Girl e It Girl – a primeira com uma também bem-sucedida adaptação para a TV -, Cecily von Ziegesar aposta mais uma vez no gênero e lança Com louvor. O novo romance conta a história de cinco jovens diferentes que estão na universidade para aprender… tudo – dentro e fora da sala de aula.


Dica de leitura de arrepiar para o seu guri

postado por Andreia Santana @ 12:03 AM
23 de dezembro de 2011

Imagine ter acesso a agenda diária de um monstro? O que será que ele escreve nela? Quais compromissos tem de cumprir? Será que anota os sustos que precisa dar para bater sua meta de monstro mais horripilante do mês? Pois essa é a proposta do livro infanto-juvenil A Agenda dos Monstros (Ed. Zastras), dica de leitura de hoje aqui do blog.

Sinopse: Brincando com os medos infantis e com ícones do universo corporativo, o livro cria uma historinha hilária sobre monstros que não conseguem assustar ninguém. A baixa produtividade das criaturas que deveriam ser assustadoras chama atenção da chefia da Federação do Terror, que decide promover uma premiação ao monstro mais apavorante como incentivo à melhora da produção. Quem assistiu a animação Monstros S.A, da Disney/Pixar, pode encontrar semelhanças gostosas na historinha. Para início da seleção no concurso assombroso, a federação pede para analisar as agendas de todos os monstros e, assim, descobrir o que eles andam fazendo em vez de aterrorizar as criancinhas…

Ficha Técnica:

A Agenda dos Monstros

Autores: Luciano Saracino e Poly Bernatene

Editora: Zastras

32 páginas

Preço: R$ 34,90


Lançamentos nesta quinta dentro e fora da Bienal

postado por Andreia Santana @ 2:45 PM
2 de novembro de 2011

Uma agendinha de lançamentos para esta quinta-feira em Salvador.

Na 10ª edição da Bienal do Livro, o jornalista Saulo Gomes (organizador) lança o livro As mães de Chico Xavier, com os bastidores do filme que levou mais de 500 mil espectadores aos cinemas do país em 2010. A obra conta com textos dos jornalistas Ana Karla Dubiela e Júlio Sonsol. Saulo Gomes autografará o livro nestas quinta e sexta, 3 e 4 de novembro, no Centro de Convenções.

Ao longo das 416 páginas do livro, os leitores encontram curiosidades, making of das cenas do longa-metragem inspirado no livro Por Trás do Véu de Ísis, do jornalista Marcel Souto Maior, e entrevistas com a equipe técnica e os personagens reais que foram a base das histórias.

Dilma na guerrilha - Outro lançamento acontece fora do circuito da Bienal, na livraria Cultura do Salvador Shopping, nesta quinta, dia 3, às 19h. O escritor Tom Cardoso lança a obra O Cofre do Dr. Rui, que conta a história de um assalto praticado pela luta armada da qual fazia parte a presidente Dilma Rousseff.


Ficção biográfica em quadrinhos narra vida de Allan Kardec

postado por Andreia Santana @ 11:34 PM
21 de outubro de 2011

O francês Allan Kardec é conhecido como o codificador do Espiritismo. Autor do Livro dos Espíritos, de 1857, seu nome acabou conhecido no mundo inteiro e seu túmulo em Père-Lachaise (Paris), é tão célebre quanto o de Jim Morrison ou Édith Piaf. Mesmo quem não segue a doutrina, já ouviu falar em Kardec.

Pois a vida do pedagogo e pesquisador, e o período em que viveu, no século XIX, de intensas mudanças sociais e proliferação dos estudos metafísicos, virou um HQ batizado simplesmente de Kardec, publicação do selo Bárba Negra, Editora LeYa Brasil. A obra é de Carlos Ferreira e Rodrigo Rosa, vencedores do HQ Mix 2011 com a adaptação do clássico Os Sertões (Euclides da Cunha).

No trabalho, o leitor entra em contato com uma França que se preocupou em entender fênomenos sobrenaturais, vividos nas reuniões de “mesas girantes”, em que objetos se moviam inexplicavelmente, e a história do homem que mudou seu nome e dedicou o resto da vida a entender e explicar o conhecimento adquirido sobre esses fenômenos. A ideia é mostrar como o pedagogo francês e estudioso do magnetismo se tornou codificador e maior referência da doutrina espírita no mundo.  A promessa é de agradar os seguidores do espiritismo e também aqueles que apenas tem curiosidade sobre o tema.

Ficha Técnica:

Kardec

Autores: Carlos Ferreira e Rodrigo Rosa

144 páginas

Preço: 34,90


Os novos títulos da EDUFBA

postado por Andreia Santana @ 11:52 PM
30 de setembro de 2011

Mais 15 obras entraram agora em setembro para o catálogo da Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA). As produções contemplam diversas áreas do conhecimento produzido por pesquisadores da UFBA, principalmente, e também de outros centros. Ao todo, a EDUFBA já contabiliza mais de 700 títulos publicados e dispõe de três livrarias próprias, onde também comercializa livros de mais 60 núcleos acadêmicos de difusão do conhecimento. Abaixo, vocês lêem as sinopses – fornecidas pela editora – das novas obras:

História e Civilização

Genildo Ferreira da Silva (Org.)

Resultado das principais palestras e conferências apresentadas no V Colóquio Nacional de Filosofia da História, realizado em 2009, a obra aborda um dos assuntos centrais da filosofia moderna que, atualmente, ressurge com intensa força: a filosofia da história. Trata não da cronologia que registra fatos, mas da tentativa de compreensão da cultura e civilização como experiências humanas temporais.

Caipira sim, trouxa não: representações da cultura popular no cinema de Mazzaropi

Soleni Biscouto Fressato

Este livro aborda os inúmeros estereótipos agregados à imagem do caipira a partir do ponto de vista apresentado nos filmes de Mazzaropi, que, nadando contra a corrente, capturou as contradições existentes nas relações entre a cidade e o campo, revelando, sobretudo, outro lado do espírito paulista, mostrando o cotidiano daqueles que iam contra os valores dominantes. Leva em consideração que um registro fílmico é uma problematização da realidade, não necessariamente um recorte fiel da história.

Laróyè, Exu: imagens e mitos do orixá mensageiro na fotografia de Mario Cravo Neto

Karliane Macedo Nunes

Karliane Nunes apresenta as diferentes abordagens da fotografia em relação aos objetos fotografados. A partir do livro Laróyè (2000), do fotógrafo baiano Mario Cravo Neto, que reúne uma série de fotografias coloridas com o objetivo de homenagear Exu e seus mitos, a autora desenvolveu, sob uma perspectiva multidisciplinar e semiótica, com a teoria geral dos signos de Peirce, a análise de 15 imagens, considerando os elementos icônicos e indiciais.

Stonewall 40 + o que no Brasil?

Leandro Colling (Org.)

Integrante da Coleção Cult, este livro é resultado dos debates no Stonewall 40 + o que no Brasil?, evento promovido pelo Grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidade (CUS) em setembro de 2010. O encontro teve como objetivo discutir e avaliar o movimento LGBT no Brasil, promovendo um diálogo entre os estudos acadêmicos sobre o tema e a comunidade, abordando as políticas públicas e identitárias desenvolvidas após a rebelião de Stonewall.

 

Cultura e Desenvolvimento: perspectivas políticas e econômicas

Alexandre Barbalho, Lia Calabre, Paulo Miguez e Renata Rocha (Org.)

Também integrante da Coleção Cult, esta obra é fruto de reflexões do Grupo de Trabalho Cultura e Desenvolvimento. A partir de uma perspectiva multidisciplinar, este GT teve como objetivo examinar as políticas públicas e seu papel no desenvolvimento das sociedades contemporâneas durante o XIV Encontro de Ciências Sociais do Norte e Nordeste (CISO), realizado pela Fundação Joaquim Nabuco em Recife, em setembro de 2009.

Ser-Tão Baiano: O Lugar da Sertanidade na Configuração da Identidade Baiana

Cláudia Pereira Vasconcelos

Nesta obra, a autora investiga o conceito de baianidade, centrado na cidade de Salvador e em seu Recôncavo. Problematiza a visão da “cultura baiana” amplamente divulgada, inclusive pelas agências de políticas culturais do estado. Compreende a ideia de sertão e os possíveis motivos para a negação de uma tradição sertaneja na Bahia. Tem a obra de Jorge Amado como referência para a construção da ideia de baianidade, o autor Gilberto Freyre como referência da nordestinidade e, por fim, o trabalho de Eurico Alves como principal discurso de afirmação da sertanidade.

Tudo pelo trabalho livre! Trabalhadores e conflitos no pós-abolição (Bahia, 1892-1909)

Robério Santos Souza

Robério Souza aborda a vida dos trabalhadores ferroviários (negros, em sua maioria) no período pós-abolição e nos anos iniciais do período republicano. Acompanha a luta pelos direitos e conquistas sociais, os movimentos trabalhistas, os conflitos e a organização da classe. Apesar de ter como ponto de partida o contexto baiano, na construção da estrada de ferro da Bahia ao São Francisco, esta obra traz reflexões globais sobre o fim do escravismo e a liberdade dos trabalhadores.

A sagração da aparência: o jornalismo de moda na Bahia

Renata Pitombo Cidreira

Resgatando a discussão teórica sobre a moda, esta obra vai além do universo fashion e analisa a abordagem que este fenômeno recebe por parte dos meios de comunicação, sobretudo na Bahia, lançando um olhar interpretativo sobre os jornais A Tarde e Tribuna da Bahia. Analisa também os elementos que contribuem para uma possível aproximação entre a moda e a área da comunicação e o olhar pejorativo muitas vezes lançado ao fenômeno da moda, visto como fator de distinção social.

 

Índios e Caboclos: a história recontada

Maria Rosário de Carvalho e Ana Magda Carvalho (Org.)

Os textos que compõem esta obra buscam revisitar e reconstruir, através de estudos etnográficos, as categorias Índio e Caboclo, em diferentes campos semânticos, tendo como ponto de partida as suas contribuições na formação da nação brasileira. Este livro faz uma retomada de dados históricos para estabelecer a distinção entre os índios e os caboclos, em seus principais pontos, sem deixar de lado seus papéis no candomblé.

*Recebi um exemplar desse livro e em breve publico resenha aqui no blog.

Hospital de Orixás: encontros terapêuticos em um terreiro de Candomblé

Estélio Gomberg

O autor aborda, neste livro, a importância dos grupos religiosos no desenvolvimento das práticas terapêuticas e os processos desenvolvidos nestes grupos. Traz a questão dos cuidados com a saúde nos terreiros do Candomblé e os ritos de tratamentos, inserindo os adeptos desta religião nos debates sobre a promoção da saúde. Por fim, reflete os rumos da saúde no Brasil.

 

Reitores da UFBA, de Edgard Santos a Naomar de Almeida Filho

Lídia Toutain, Marilene Abreu e Ainda Varela (Org.)

Este é o segundo volume da Série Memorial, idealizada em comemoração aos sessenta anos da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Tem o objetivo de agregar, em suas páginas, um pouco da história dos reitores que dirigiram a UFBA ao longo de sua existência, registrando dados biográficos e a contribuição de cada um deles para o crescimento e fortalecimento da Universidade. As mudanças pelas quais a UFBA passou também estão fortemente presentes, assim como o processo de construção desta Universidade, referência no ensino público superior brasileiro.

Godard, imagens e memórias: reflexões sobre História(s) do cinema

José Francisco Serafim (Org.)

José Francisco Serafim reúne, nesta obra, diversos estudiosos da área que exploram o filme História(s) do cinema, um divisor de água na filmografia de Jean-Luc Godard. História(s) do cinema é uma obra multiforme, de aproximadamente 270 minutos de duração. Segundo Serafim, este filme “mostra uma visão particular do cinema, sobretudo ficcional, mesclando gêneros, formatos e suportes, sem falar da presença de uma trilha sonora, que mistura músicas variadas, sons dos filmes apresentados, ruídos diversos e, claro, as vozes – primeiro, a do próprio cineasta e, logo mais, distintas vozes que vêm acompanhá-lo”.

Educação Básica e Trabalho Docente: políticas e práticas de formação

Augusto Cesar Rios Leiro e Elizeu Clementino de Souza (Org.)

Artigos de 28 autores com diferentes formações estão reunidos nesta obra. Os escritos discutem demandas contemporâneas sobre o sistema da educação básica, no que diz respeito às políticas de formação docente, com ênfase na educação infantil e suas práticas educativas. Aborda questões fundamentais e pouco discutidas, como a presença da figura masculina na docência da educação infantil, e questões mais estudadas, como a programação televisiva voltada para crianças.

Educação Superior: impactos nos processos de ensinar e aprender na Universidade

Nádia Hage Fialho (Org.)

Este livro reúne textos de especialistas na área de políticas de educação superior e é resultado do I Colóquio Internacional sobre Ensino Superior, realizado em 2008. Alinha-se com a agenda da Educação no Brasil, ao abordar a profissionalização do professor, as mudanças na vida acadêmica provocadas pelas políticas introduzidas no campo da graduação e da pós-graduação e as dificuldades enfrentadas no exercício do trabalho docente, refletindo sobre estes e outros assuntos propostos.

Ser e não ser da roça, eis a questão! Identidade e discursos na escola

Jane Adriana Vasconcelos Pacheco Rios

Inspirada pelo dilema “ser ou não ser”, de Shakespeare, a autora investiga a forma de viver as identidades e discursos na escola. A complexidade das identidades, de viver as identidades e os discursos na escola. A complexidade das identidades, neste livro concebidas como fragmentadas, contraditórias e em constante fluxo, é estudada através da análise do discurso dos alunos que são da roça e estudam na cidade. Ao falar da roça como um espaço de desenvolvimento, a autora apresenta outro lado da realidade, percebendo que a escola, muitas vezes, não corresponde inteiramente ao seu papel de construtora de cidadãos.

O Vitória é o sétimo, com 39 pontos. O quarto, Americana, tem 44.


Bons lançamentos para a meninada

postado por Andreia Santana @ 6:25 PM
24 de junho de 2011

Três dicas do Luz sobre a escrivaninha para o público infanto-juvenil. Anotem aí e boa leitura neste feriadão:

Mistério fedorento

Um misterioso fedor toma conta da pensão da dona Pirapitinga, uma senhora de hábitos higiênicos duvidosos. A catinga se torna insuportável e os hóspedes iniciam uma investigação, mas acabam descobrindo muito mais do que a origem do mau cheiro. Catinga na Pensão Pirapitinga, do autor e ilustrador Cláudio Martins, envolve as crianças em uma narrativa bem-humorada, cheia de rimas e trocadilhos. O livro integra a coleção Hora Viva, da Editora Positivo.

Ficha Técnica

Catinga na Pensão Pirapitinga

Autor e ilustrador: Cláudio Martins

Editora Positivo

32 páginas

Indicação: A partir de 8 anos

Preço: R$25,40

===================================

Profissão esquisita

A narrativa se ambienta no século XIX, em 1888, e conta a história de Will Henry, um garoto de 12 anos, órfão de pai e mãe, que cresceu acompanhando a saga do Dr. Pellinore Warthrop, especialista em uma ciência diferente, pouco conhecida e, acima de tudo, assustadora: a Monstrologia – estudo dos monstros reais. Um trabalho perigoso e sombrio, assim como os visitantes recebidos pelo Dr. Warthrop. O Monstrologista, primeiro volume de uma trilogia infanto-juvenil, é do autor Rick Yancey e no Brasil tem tradução de Ana Carolina Mesquita. A obra ganhou o Prêmio Michael L. Printz de literatura juvenil nos Estados Unidos.

Ficha técnica:

O Monstrologista

Autor: Rick Yancey

Tradutora: Ana Carolina Mesquita

474 páginas

Editora Farol Literário

Preço: 42,90

=========================================

Sorveteiroooo!

O carro de sorvete, de Julie Bertagna, com ilustrações de Chambers e Dorsey, conta a história de dois irmãos que aprenderam o valor da amizade vivendo experiências incríveis dentro do “Balancê”, a van-sorveteria comprada pelos seus pais. Em 2004, a narrativa serviu de inspiração para a série de TV ‘The ice-cream machine’, veiculada no Reino Unido. Em meio a várias aventuras, peripécias e desafios vividos pelas personagens, o pequeno leitor descobre a importância da união familiar.  Waney e Wandy, protagonistas da história, fazem parte de uma família bastante comum a não ser pelo fato de que ao invés de um cachorro como animalzinho de estimação, eles têm Gina, uma cabra, a única que ficou depois que os planos de seus pais de formarem uma criação de caprinos não deu certo. Assim os pais partem para um novo negócio ao comprarem uma van mágica, encostada em um ferro velho, a van-sorveteria, com sorvetes diferentes e sabores inusitados…

Ficha técnica:

O Carro de Sorvete

Autor: Julie Bertagna

Ilustrador: Chambers e Dorsey

88 páginas

Editora Farol Literário

Preço: R$ 16,90


Editora Record divulga principais lançamentos de 2011

postado por Andreia Santana @ 7:53 PM
21 de dezembro de 2010

Umberto Eco

A editora Record divulgou os principais lançamentos da casa para 2011. O destaque ficará por conta do livro Cemitério de Praga, novo romance de Umberto Eco (O nome da rosa, Baudolino, O pêndulo de Foucalt). A obra vendeu quase meio milhão de cópias na Europa.

No catálogo do ano novo, haverá ainda obras de Michel Houellebecq, vencedor do Goncourt 2010; Peter Carey, E.L Doctorow, Antonio Skármeta, Rick Riordan, Hillary Mantel e outros mestres da ficção. Entre os destaques em literatura estrangeira,  haverá ainda livros inéditos dos três mais importantes autores de thrillers: Frederick Forsyth, Scott Turow e John le Carré.

Já as novidades em não-ficção estrangeira trazem inéditos de dois grandes pensadores da atualidade: Jared Diamond, autor de Colapso; e John Gray, de Cachorros de palha e Missa negra.

Na literatura brasileira, há ficção de Edney Silvestre, Alberto Mussa, Raimundo Carrero; e ensaios de Lya Luft, entre outras opções.

Confira a lista completa dos principais lançamentos do ano:

NACIONAIS

Primeiro semestre
BOA VENTURA!, Lucas Figueiredo
Quanto ouro foi levado para fora do Brasil? Quais eram as rotas para escoamento do metal? Quem foram os principais personagens desta saga? Nesta reportagem histórica, o autor conta como a cobiça forjou um país, sustentou Portugal e inflamou o mundo. Uma extensa pesquisa feita em arquivos brasileiros, portugueses e africanos.

LIBERDADE OU IGUALDADE? VOL. 1: O MUNDO EM DESORDEM, Demétrio Magnoli
Nesta obra de fôlego sobre o século XX, o sociólogo Demétrio Magnoli explicará os principais conflitos internacionais das últimas décadas, a partir de dois conceitos do iluminismo em oposição: liberdade e igualdade.

SAGA BRASILEIRA: A longa luta de um povo por sua moeda, Miriam Leitão
Da hiperinflação ao confisco, Miriam Leitão mostra como os brasileiros sofreram até a estabilização da moeda. Um livro definitivo sobre a história econômica recente do país.

PESSOA, José Paulo Cavalcanti
A mais completa biografia já feita de Fernando Pessoa, a primeira escrita por um brasileiro. O autor é dono de uma impressionante coleção de documentos do poeta – cartas, bilhetes, fotografias. Uma obra fundamental, emocionante e precisa.

FILHOS, MANUAL DE INSTRUÇÕES – para pais das gerações X e Y, de Tania Zagury
Dez anos após lançar o best-seller Limites sem trauma, Tania Zagury traz um novo livro para ajudar pais das novas gerações a lidar com os desafios da educação dos filhos.

A RIQUEZA DO MUNDO, Lya Luft
Novo ensaio de Lya Luft sobre a existência, sobre o tanto que desperdiçamos em nossas vidas, mas também sobre o que conquistamos.

NADA PROVA NADA!, Gerald Thomas
O polêmico e genial diretor treatral reúne  suas melhores colunas, publicadas na Folha de S. Paulo.

O SENHOR DO LADO ESQUERDO, Alberto Mussa
Novo romance do premiado autor de O enigma de Qaf  apresenta aos leitores um mistério no Rio de Janeiro de 1910.

OLHO DE VIDRO – A televisão e o estado de exceção da imagem, de Marcia Tiburi
Marcia Tiburi recorre a pensadores como Bauman, Debord e Muniz Sodré para questionar a preponderância da televisão em nossa sociedade.

SERIA UMA SOMBRIA NOITE SECRETA, Raimundo Carrero
Novo romance do escritor pernambucano Raimundo Carrero (A minha alma é irmã de Deus, Somos pedras que se consomem), laureado com os prêmios Jabuti, Machado de Assis (FBN) e São Paulo de Literatura, entre outros.

CANALHA, SUBSTANTIVO FEMININO, Marta Mendonça
Martha Mendonça inverte a lógica brasileira de que todo homem não presta. Seis mulheres relatam em primeira pessoa aonde sua natureza amoral as levou.

Segundo semestre
FELICIDADE É FÁCIL, Edney Silvestre
Novo romance do jornalista e premiado autor de Se eu fechar os olhos agora, vencedor dos prêmios São Paulo de Literatura e Jabuti.

EM SILÊNCIO, Tatiana Salem Levy
Neste novo romance da vencedora do Prêmio São Paulo na categoria estreante com A chave de casa, a paixão de dois irmãos por uma francesa desperta emoções antigas, ligadas à infância dos dois.

FICÇÃO ESTRANGEIRA

Primeiro semestre

A SALA DE VIDRO, Simon Mauer
Um dos romances mais elogiados de 2009 na Europa, A sala de vidro mistura arte, arquitetura, história e uma trama emocionante que se passa nos momentos iniciais do nazismo na Europa. Conta a história dos Landauer, um casal rico da então Tcheco-eslováquia, e sua mansão, uma obra-prima modernista feita de vidro e aço.

A TEQUILA VERMELHA, Rick Riordan
Romance adulto de Rick Riordan, autor da série juvenil Percy Jackson e os Olimpianos, com mais de 900 mil livros vendidos só no Brasil. O livro conta a saga de Jackson “Tres” Navarre em San Antonio, Texas.

WOLF HALL, Hilary Mantel
Grande vencedor do Man Booker Prize relata, na voz do conselheiro real Thomas Cromwell, a convulsão provocada quando Henrique VIII, no desejo de conseguir um herdeiro, decide abandonar a esposa, Catarina de Aragão, e se casar com Ana Bolena.

MIRAL, Rula Jebreal
A jovem árabe Hind Husseini abriga um grupo de órfãos em Jerusalém nos anos 40, mas vários deles entram nos conflitos armados, incluindo sua melhor aluna, Miral. O livro tornou-se filme sob a direção de Julian Schnabel, de O escafandro e a borboleta.

UMA MANHÃ GLORIOSA, Diane Peterfreund
Livro que deu origem ao filme Morning Glory, com estreia prevista para 2011 no Brasil. Harrison Ford encabeça o elenco.

O INOCENTE, Scott Turow
Lançado em 2010 nos EUA e considerado o melhor livro do mestre do thriller jurídico.  Nesta sequência do aclamado Acima de qualquer suspeita, o promotor Rusty Sabich ocupa o banco dos réus duas décadas depois de seu primeiro julgamento.

OS IMPERFECCIONISTAS, Tom Rachman
O livro entrou em várias listas de Melhores de 2010, entre elas a do New York Times e a da Publisher’s Weekly. Jornalistas da equipe de um jornal sediado em Roma precisam conciliar suas vidas particulares com a agitada rotina do trabalho.

SÓS EM BERLIM, Hans Fallada
Na Berlim de 1940, moradores do número 55 da rua Jablonski tentam lidar com o regime nazista trancafiados em uma casa. Até que o casal Quangel recebe a notícia de que seu filho morreu. Eles começam, então, uma campanha silenciosa de resistência.

COBRA, Frederick Forsyth
Um thriller emocionante envolvendo o combate a uma poderosa quadrilha de traficantes de cocaína com negócios por todas as partes do mundo.

HOMER & LANGLEY, E.L. Doctorow
Traduzido para 32 línguas, o romance conta a história real dos irmãos Collyer como uma metáfora dos EUA do século XX. A vida de Homer e Langley Collyer virou lenda urbana para os nova-iorquinos. Órfãos, criaram-se sozinhos: um cego e o outro com mania de colecionar coisas, desde jornais até um carro colocado na sala de jantar.

A MANSÃO DO RIO, Pat Conroy
Do autor de Príncipe das marés. Em 1969, o jovem estudante Leopold Bloom recebe a tarefa de fazer amizade com um grupo de estudantes recém-chegados em sua escola, entre eles brancos, negros, ricos e pobres. As relações que surgirão nesse período os acompanharão pela vida inteira.

O INVERNO RUSSO, Daphne Kalotay
Livro mais disputado da Feira de Frankfurt de 2009, considerado o Dr. Jivago da Rússia pós-soviética. A bailarina Nina Revskaya mergulha em recordações ao conversar com um homem de uma casa de penhores e com um professor de russo em busca de seu próprio passado.

Segundo semestre

NOSSO FIEL TRAIDOR, John Le Carré
Considerado o mais forte romance do autor, é best seller do New York Times e foi eleito um dos melhores do ano pela Publisher´s Weekly. Le Carré leva o leitor ao submundo da lavagem de dinheiro internacional e da máfia russa.

AO PÉ DA ESCADA, Lorrie Moore
Eleito pelo New York Times um dos 10 melhores de 2009, ficou por semanas na lista dos mais vendidos do jornal. Uma estudante emprega-se como babá para um casal boêmio durante as férias, envolve-se com um estrangeiro e sofre forte pressão da família, sobretudo do irmão, que se alista no Exército após 11 de setembro.

SUA FACE ILEGAL, Peter Carey
Duas vezes vencedor do Booker Prize, Carey é um dos mais importantes romancistas da atualidade. Sua face ilegal conta a história de um menino criado pela avó e que pensa ter finalmente encontrado a mãe. Junto com uma desconhecida, ele vai para a Austrália, onde o futuro parece ainda mais incerto.

UM PAI DE CINEMA, Antonio Skármeta
Do mesmo autor de O carteiro e o poeta. Jacques é um jovem professor em um povoado no Chile. Um dia, um de seus alunos pede que ele o acompanhe a um bordel, pois pretende perder a virgindade. Skármeta trata com delicadeza a descoberta da intimidade e do amadurecimento.

O MAPA E O TERRITÓRIO, de Michel Houellebecq
Vencedor do Prêmio Goncourt 2010, o mais importante da literatura francesa. Após o assassinato de um homem – o próprio Houellebecq – um artista de poucas ambições passa questionar-se sobre a vida de artista e a avaliar os conceitos da sociedade sobre a vida e a velhice.

O CEMITÉRIO DE PRAGA, Umberto Eco
Recém-lançado na Itália, o livro vendeu mais de meio milhão de cópias em poucos dias. É considerado o romance mais importante de Eco desde O nome da Rosa. Também possui elementos de suspense, conspirações e assassinatos. A história se passa em Praga no século XIX e tem como cenário central o cemitério judeu da cidade.

EXPURGO, Sofi Oksanen
Vencedora do Livro Europeu do Ano de ficção, Sofi Oksanen é um dos maiores expoentes da nova geração de escritores da Europa. Em Expurgo, ela conta a saga de duas gerações de mulheres marcadas pela violência na União Soviética.

JAN KARSKI, Yannick Haenel
Vencedor do Prêmio Interallié de 2009, é a história de Jan Karski, membro da resistência polonesa durante a Segunda Guerra Mundial, que tenta alertar o mundo sobre o massacre dos judeus promovido pelos partidos fascistas.

NÃO-FICÇÃO ESTRANGEIRA

Primeiro semestre

O TERCEIRO CHIMPANZÉ, de Jared Diamond
O autor do aclamado Colapso faz um retrospecto histórico e mostra que as singularidades humanas que colocam em risco a preservação da vida no planeta têm profundas raízes em nossa ancestralidade animal.

CRIMES, de Ferdinand Von Schirach
Best-seller na Europa, Crimes é o relato ficcional de impressionantes casos reais defendidos pelo advogado criminalista alemão Ferdinand Von Schirach. Um panorama da mente criminosa e da atuação da justiça.

A FUGA DE FREUD, de David Cohen
Após a invasão da Áustria, os nazistas assumiram os negócios pertencentes aos judeus. Para substituir Freud, de 82 anos, foi indicado o químico Anton Sauerwald, de 35. O autor revela os últimos dois anos da vida de Freud e o destino de Sauerwald.

SOLIDÃO, de John T. Cacioppo & William Patrick
O livro explora essa experiência exclusivamente humana, dando uma visão fundamental sobre a importância dos vínculos sociais.

O CONFLITO, de Elisabeth Badinter
Um dos mais polêmicos lançamentos europeus de 2010. Badinter analisa o papel da maternidade no que considera um retrocesso à emancipação feminina. Que perspectiva oferece uma sociedade na qual ter um filho se torna uma diferenciação decisiva?

MAD MEN, Jerry Dela Femina
Um clássico sobre os bastidores do mundo da publicidade em Nova York. O livro tornou-se um best-seller e se estabeleceu como relato cult de uma geração. Livro que deu origem à premiada série homônima de televisão.

RAGA, de J.M.G Le Clézio
O autor, ganhador do Nobel de Literatura, faz um relato geográfico, antropológico e, ao mesmo tempo, poético, da Oceania, continente esquecido e pouco conhecido.

ADIÓS MUCHACHOS, de Sergio Ramirez
Biografia de Sergio Ramírez, vice-presidente da Nicarágua durante o governo de Daniel Ortega e um dos principais personagens da revolução Sandinista.

A ANATOMIA DE GRAY, de John Gray
Autor de Cachorros de palha e Missa negra, Gray é um dos pensadores mais originais do nosso tempo. Nessa reunião de ensaios, ele destrincha temas como o ateísmo contemporâneo, o progresso científico e a razão humana.

OPERAÇÃO MINCEMEAT, de Ben Mcintyre
Primeiro lugar na lista dos mais vendidos do Sunday Times em dezembro deste ano e aclamado pela imprensa européia, o livro faz um relato da impressionante operação inglesa que desviou a atenção dos nazistas para a invasão dos aliados à Sicília.

ASCENÇÃO E QUEDA DO COMUNISMO, de Archie Brown
Segue a história do comunismo desde as raízes no século XIX até sua implantação e declínio. Estudo definitivo da história política e humana mais notável de nossa época.

Segundo semestre

NÃO VIM FAZER DISCURSO, Gabriel García Márquez
Lançado este ano na Espanha, traz discursos e palestras proferidos por Gabriel García Márquez, ganhador do Nobel de Literatura. Boa parte dos textos é inédita.

TERRAS DE SANGUE, de Timothy J. Snyder
Descreve Polônia, Bielo-Rússia, Ucrânia, os países bálticos e partes da Rússia como as “terras de sangue”, áreas com grandes concentrações de judeus que mais sofreram com os assassinatos em massa promovidos pelo nazismo e pelo stalinismo.

O OTIMISTA RACIONAL, de Matt Ridley
O jornalista especializado em ciência Matt Ridley acredita que há motivos para ser otimista com relação aos seres humanos. Um livro que desafia o pessimismo que domina as análises recentes, especialmente as econômicas.

OS MESTRES DA BATALHA, de Terry Brighton
Ensaio sobre a Segunda Guerra a partir das ações e visões dos três principais generais que decidiram o conflito: Bernard Montgomery, George Patton e Erwin Rommel.

O NAVIO DO DESTINO, de Rosine de Dijn
A dramática história do vapor português Serpa Pinto que em 1942 levou de volta à Alemanha os alemães que viviam no Brasil e queriam lutar pelo führer; atravessando o Atlântico no sentido oposto, representou a última rota de fuga para os judeus de Lisboa.

DOS DEMOCRATAS AOS REIS, de Michael Scott
Revela a dramática reviravolta sofrida pela Grécia com a queda de Atenas e posterior domínio de Alexandre, o Grande. Fundamental para se compreender como, na Grécia Antiga, os valores que sustentavam a democracia ruíram em menos de meio século. Mostra a importância de se ficar atento contra possíveis perdas de instituições democráticas no mundo ocidental, que se movimenta em velocidade infinitamente superior.

ANOS VERTIGINOSOS, de Philipp Blom
O século XX nasceu nos 14 anos vertiginosos que antecederam a Primeira Guerra Mundial. Da tremenda expectativa de um novo século antecipado pelo Salão de Paris em 1900 ao assassinato de um arquiduque Habsburgo em Sarajevo em 1914, Bloom faz uma crônica dessa época extraordinária.