Almanaque relembra trilhas sonoras de filmes

postado por Andreia Santana @ 2:57 AM
30 de maio de 2012

Chega às livrarias do país agora em junho o Almanaque da Música Pop no Cinema, de Rodrigo Rodrigues, editado pelo selo Lua de Papel, da LeYa Brasil. O livro, recheado de fotos, conta a história da música pop no cinema desde a época em que as trilhas eram tocadas ao vivo, em sincronia com as cenas e arranjos improvisados pelos músicos no momento da exibição, até as principais trilhas sonoras da sétima arte.

A obra traz ainda uma sinopse de cada longa citado, explica o motivo da trilha sonora ser marcante, além de contar curiosidades sobre o filme e trazer a trilha completa. Quem não se lembra da música de “Os Goonies”? Ou de Uma Thurman em Pulp Fiction ouvindo “Girl, you’ll be a woman soon”, na pele de Mia Wallace?  E da batida a la Beatles do refrão de “That thing you do”, do The Wonders – O sonho não acabou?

O autor resgata também histórias de bastidores. James Cameron, por exemplo, queria que a cantora Enya fizesse a trilha sonora de Titanic, mas uma série de contratempos a impediu e Celine Dion acabou sendo a segunda escolha. Outro exemplo: Tom Parker, o empresário de Elvis Presley, descobriu o filão de colocar o rei do rock para estrelar filmes. “Filmes que alimentam discos que alimentam filmes”, era o que Parker dizia. Em um período de cerca de 10 anos, Elvis estrelou 31 filmes, mais do que a diva Marilyn Monroe ao longo de toda a sua carreira, e chegou a ser o ator mais bem pago de Hollywood na época.

Há diversas outras histórias e curiosidades e o autor mostra com sua pesquisa que a trilha sonora deixou de ser apenas um acessório para os filmes e tornou-se parte essencial da narrativa.

Ficha Técnica

Almanaque da música pop no cinema

Autor: Rodrigo Rodrigues

216 páginas

Lua de Papel / LeYa Brasil

Preço: R$ 59,90

*Com informações da LeYa Brasil


Clube da Luta ganha nova edição em português

postado por Andreia Santana @ 1:16 AM
13 de abril de 2012

Clube da Luta, cultuado sucesso literário do norte-americano Chuck Palahniuk, eternizado nos cinemas por atuações inspiradas de Brad Pitt e Edward Norton (o filme é de 1999, dirigido por David Fincher), ganhou nova edição em português, pela LeYa Brasil. A nova edição, que já está nas livrarias, traz ainda um posfácio inédito do autor.

Clube da Luta conta a história de Jack, funcionário passivo de uma seguradora, viciado em trabalho e em grupos de apoio, e sua estranha amizade com Tyler Durden, um sujeito violento por opção, mas muito carismático, que faz bicos como projetista de filmes. Os dois homens, com vidas miseráveis, se juntam para formar um clube secreto, no qual outros homens com realidades parecidas se reúnem para lutar, não por esporte, mas apenas como válvula de escape. Com a obra, Chuck Palahniuk usa a violência física instintiva e selvagem como metáfora para a sociedade contemporânea e a violência urbana em todas as suas formas, inclusive aquelas subliminares. Vale a pena ler, vale assistir!

Ficha Técnica:

Clube da luta

Autor: Chuck Palahniuk

272 páginas

Preço: R$ 39,90


Biografia lembra 30 anos da morte de Elis

postado por Andreia Santana @ 12:52 AM
14 de janeiro de 2012

Agora em janeiro completam-se 30 anos da morte de Elis Regina e para lembrar a data, a LeYa Brasil lança Furacão Elis, da jornalista Regina Echeverria (autora também das biografias de Gonzaguinha e Cazuza), em edição revista e ampliada. A obra de pouco mais de 250 páginas é considerada uma das mais completas biografias da cantora, que nasceu em Porto Alegre, em 1945, e começou a cantar aos 11 anos,  no programa Clube do Guri, da rádio Farroupilha.

O livro de Regina Echeverria conta a trajetória de Elis desde a primeira apresentação, ainda na infância, até o sucesso, sem deixar de fora os altos e baixos de seu temperamento passional, o abuso de álcool e drogas e os amores que teve. Elis vivia intensamente e isso aparecia em sua música. A intensa forma de “interpretar” as canções é uma marca registrada única dessa artista que é considerada por alguns críticos como a melhor cantora brasileira.

Elis Regina morreu aos 36 anos, de forma precoce, por uma overdose.

Ficha Técnica

Furacão Elis

Autora: Regina Echeverria

272 páginas

Editora LeYa Brasil

Preço: 39,90


Biografia para os 23 anos de vida de Adele

postado por Andreia Santana @ 7:24 PM
8 de janeiro de 2012

O recordista de biografado mais jovem da atual safra de celebridades relâmpago talvez seja a estrela teen Justin Bieber, que teve direito até a documentário. Agora, é a vez de Adele, que aos 23 anos, quatro de carreira e dois grammys na estante, ganha a sua primeira biografia. Adele – uma vida, publicado em português pela LeYa Brasil, traça a trajetória da artista desde a sua infância até o auge. Tem toda a pinta de caça-níquel, para explorar a paixão e o bolso dos fãs da cantora, que é de fato muito talentosa, mas biografia, gente?! Aos 23 anos, uma vida?!

Tudo bem que a moça tem uma belíssima voz, suas letras sobre dor de cotovelo são, inclusive, autobiográficas, mas acabam servindo também para consolar outros abandonados (as) mundo afora (super me identifico) e ela ainda conseguiu, com sua beleza clássica de musa de Botero, firmar-se como diva em um mundo cada dia mais anoréxico. Ponto positivo para a autoestima das meninas pluz-size! Ainda assim, continuo teimosamente perguntando: biografia?!

A bio de Adele foi escrita por Chas Newkey-Burden, também autor dos livros sobre as vidas de Justin Bieber, Stephanie Meyer (a criadora da saga Twilight) e de Amy Winehouse. Desculpem, mas não dá para levar a sério, e olha que eu gosto de Adele e também gosto de Amy, as duas tocam direto no meu playlist.

O livro traz informações que com certeza os fãs da artista encontram na internet com facilidade, mas como fã que é fã paga por essas coisas, a obra começa bem do começo: infância, as primeiras letras compostas por ela na adolescência, a divulgação inicial das suas canções no MySpace e claro, explora à exaustão os foras que a garota levou. Mas, para conhecer esse capítulo da precocemente malfadada vida amorosa de Adele não basta ouvir as letras da artista com atenção?

Para quem acha que não poderá passar sem ler:

Ficha técnica

Adele – uma vida

Autor: Chas Newkey-Burden

212 páginas

Preço: R$ 29,90


Cultura e LeYa Brasil resgatam obra clássica de Otto Maria Carpeaux

postado por Andreia Santana @ 8:15 PM
18 de dezembro de 2011

A Livraria Cultura e a e editora LeYa Brasil vão relançar a História da literatura ocidental, de Otto Maria Carpeaux. Originalmente composta por oito volumes, a obra de 1959, nesta reedição, é dividida em quatro volumes. No primeiro, o leitor encontra uma rigorosa introdução em que o autor expõe seu método de abordagem e sua práxis como historiador e crítico literário; no segundo volume, Carpeaux faz a exegese do barroco e do classicismo no mundo ocidental, com análises da poesia, teatro, epopeia e romance picaresco, entre outros temas e autores como Cervantes, Góngora, Shakespeare e Molière. O terceiro volume da coleção apresenta um estudo dos grandes autores do romantismo, além das causas sociais e estéticas desse movimento. Já o quarto e último livro traz uma extensa análise sobre a atmosfera intelectual, social e literária do fin du siècle e o surgimento do simbolismo e daquilo que o autor chama de “A época do equilíbrio europeu”. A obra atemporal de Carpeuax ganha além do box com os quatro livros, versão em e-Book.

O autor - Otto Maria Carpeaux (1900-1978), cidadão austríaco e brasileiro, estudou matemática, física e química na Universidade de Viena, onde se doutorou em Letras e Filosofia. Paralelamente, dedicava-se à música e às ciências humanas e orientou-se na linha do pensamento que vai do historicismo alemão à dialética da História. Patriota, combateu o nazismo e a anexação da Áustria pela Alemanha, tendo sido obrigado, em 1938, a refugiar-se na Bélgica. Em 1939, imigrou para o Brasil, onde escreveu a maior parte de sua obra.


Ficção biográfica em quadrinhos narra vida de Allan Kardec

postado por Andreia Santana @ 11:34 PM
21 de outubro de 2011

O francês Allan Kardec é conhecido como o codificador do Espiritismo. Autor do Livro dos Espíritos, de 1857, seu nome acabou conhecido no mundo inteiro e seu túmulo em Père-Lachaise (Paris), é tão célebre quanto o de Jim Morrison ou Édith Piaf. Mesmo quem não segue a doutrina, já ouviu falar em Kardec.

Pois a vida do pedagogo e pesquisador, e o período em que viveu, no século XIX, de intensas mudanças sociais e proliferação dos estudos metafísicos, virou um HQ batizado simplesmente de Kardec, publicação do selo Bárba Negra, Editora LeYa Brasil. A obra é de Carlos Ferreira e Rodrigo Rosa, vencedores do HQ Mix 2011 com a adaptação do clássico Os Sertões (Euclides da Cunha).

No trabalho, o leitor entra em contato com uma França que se preocupou em entender fênomenos sobrenaturais, vividos nas reuniões de “mesas girantes”, em que objetos se moviam inexplicavelmente, e a história do homem que mudou seu nome e dedicou o resto da vida a entender e explicar o conhecimento adquirido sobre esses fenômenos. A ideia é mostrar como o pedagogo francês e estudioso do magnetismo se tornou codificador e maior referência da doutrina espírita no mundo.  A promessa é de agradar os seguidores do espiritismo e também aqueles que apenas tem curiosidade sobre o tema.

Ficha Técnica:

Kardec

Autores: Carlos Ferreira e Rodrigo Rosa

144 páginas

Preço: 34,90


O Fantasma de Canterville ganha nova edição pela LeYa Brasil

postado por Andreia Santana @ 9:22 PM
18 de outubro de 2011

O Fantasma de Canterville, de Oscar Wilde, ganhou nova edição pela LeYa Brasil, dentro da coleção Eternamente Clássicos. A obra é de 1891 e conta a história dos Otis, uma família americana recém-chegada a Londres, que resolve ignorar os rumores sobre almas penadas que vivem no castelo de Canterville e muda-se para lá. O fantasma que habita o castelo, animado com as novas vítimas, se surpreende quando a família ao invés de correr, acha muita graça em viver em sua companhia. As crianças Otis então é que passam a infernizar o fantasma, pregando peças nele.

A nova edição é toda ilustrada, seguindo o padrão dos dois livros anteriores da coleção: O mágico de Oz e A lenda do Cavaleiro Sem Cabeça. A Eternamente Clássicos se propõe a levar ao público obras que inspiraram gerações, se tornaram filmes, peças de teatro ou músicas e continuam inesquecíveis.

Ficha Técnica:

O Fantasma de Canterville

Autor: Oscar Wilde

Tradução: Elisa Nazarian

Editora LeYa Brasil

104 páginas

Preço: R$ 15,90


Domingos Pellegrini se inspira na vida de sua mãe em novo romance

postado por Andreia Santana @ 10:09 PM
4 de outubro de 2011

O escritor Domingos Pellegrini, colecionador de pelo menos cinco prêmios Jabuti por seus contos e romances, se inspira na vida de sua mãe no novo livro Herança de Maria, primeiro do autor a ser editado pela LeYa Brasil.

O livro conta a história de Maria através de lembranças, memórias e cartas antigas que o autor encontra em caixas de sapato; além de conversas com quem a conheceu ao longo da vida. Enquanto a Maria retratada na história, aos 80 anos, mantém-se deitada e em coma, o protagonista e alter-ego do escritor, fica ao seu lado no quarto, observando-a, e reconstruindo os fatos marcantes de sua vida.

Recorrendo às lembranças da própria história, o autor terá que decidir se o destino de sua mãe está nas mãos de Deus ou nas suas próprias. Afinal, a mulher que se colocou diante de um soldado e abaixou seu fuzil para defender o filho, merece algo mais grandioso do que viver na inércia de um estado vegetativo.

Ficha Técnica:

Herança de Maria

Autor: Domingos Pellegrini

416 páginas

Editora LeYa Brasil

Preço: 44,90


Terceiro volume de As Crônicas de Gelo e Fogo já está nas livrarias

postado por Andreia Santana @ 11:46 AM
17 de setembro de 2011

A Tormenta de Espadas, terceiro volume da saga épica de George R.R Martin, As Crônicas de Gelo e Fogo (LeYa Brasil), já está nas livrarias. A série conquistou milhares de fãs no Brasil e também se tornou um blockbuster do canal fechado HBO.

Neste volume – a sinopse contém spoilers e é melhor compreendida por quem já é leitor da série -, enquanto os Sete Reinos estremecem com a chegada dos temíveis selvagens pela Muralha, numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas, Jon Snow – que está entre eles – se divide entre sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar.  Já Robb Stark vence todas as suas batalhas, mas será que ele conseguirá vencer os desafios que não se resolvem apenas com a espada? Enquanto Arya Stark continua a caminho de Correrrio, na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion Lannister luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra; e Sansa Stark , finalmente livre do compromisso com o jovem tirano do Trono de Ferro, precisa lidar com as consequências de ser a segunda na linha de sucessão de Winterfell, já que Bran e Rickon estariam mortos, sob as cinzas das florestas do Sul. No Leste, Daenerys Targaryen navega em direção às terras da sua infância…

Ficha Técnica:

A tormenta de espadas. As crônicas de gelo e fogo. Livro 3

Autor: George R.R Martin

Tradução: Jorge Candeias

884 páginas

Preço: R$ 54,90


Cesar Camargo Mariano lança livro de memórias

postado por Andreia Santana @ 8:53 PM
5 de setembro de 2011

O pianista Cesar Camargo Mariano lança agora em setembro, Solo, seu livro de memórias, pela LeYa Brasil. A obra relata desde a infância até os dias atuais. Considerado um dos mais completos músicos brasileiros, Cesar Camargo Mariano relembra no livro histórias marcantes dos 50 anos de carreira, dificuldades e conquistas de sua trajetória musical e a importância da dedicação do artista à sua arte. Além de falar de música, a obra autobiográfica também traz histórias divertidas e dramáticas.

Solo começa com o músico ainda criança, em São Vicente. A casa de seus pais era frequentada por gente como Inezita Barroso, Waldir Azevedo e Jacó do Bandolim. Aos 13 anos, Mariano ganhou o primeiro piano de presente de aniversário. Filho de um vendedor de seguros e uma professora primária,  o artista cresceu ouvindo os mais variados gêneros e artistas. Desde muito cedo desenvolveu sua arte, sem nunca ter estudado música. A primeira vez que tocou piano foi como se já praticasse há anos e durante a adolescência ficou conhecido como ”garoto prodígio”.

No livro também estão histórias sobre os trabalhos e parcerias que desenvolveu ao longo da carreira com Lennie Dale, Simonal, Elis Regina, Nana Caymmi, Leny Andrade, Helio Delmiro, entre outros.

Ficha Técnica:
Solo

Autor: Cesar Camargo Mariano

496 páginas

LeYa Brasil

Preço: R$ 54,90